ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 19º

Economia

Saque de R$ 1.045 do FGTS poderá ser feito entre 15 de junho e 31 de dezembro

Quem não tem conta em banco receberá por poupança virtual

Por Tainá Jara | 09/04/2020 13:40
Presidente da Caixa alertou que adiantar ir até as agências agora para sacar o benefício (Foto: Agência Brasil)
Presidente da Caixa alertou que adiantar ir até as agências agora para sacar o benefício (Foto: Agência Brasil)

O saque de até R$ 1.045 do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) poderá ser feito entre o dia 15 de junho e 31 de dezembro de 2020.

Nesta quinta-feira, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse que o banco fará os pagamentos das contas para todos os trabalhadores durante este meses.

O prazo foi estabelecido por medida provisória que autorizou a nova rodada de saques do Fundo de até R$ 1.045 por cotista.

De acordo com o jornal O Globo, Guimarães informou que a Caixa vai abrir uma conta poupança virtual para os trabalhadores que não têm em banco a fim de efetuar o crédito, mesmo procedimento a ser adotado no pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 para os informais.

O presidente pediu calma as pessoas e ressaltou que elas não precisam ir para agência agora.

“Todas as pessoas que vão receber e que ainda não tem conta corrente em nenhum banco, receberão de graça também uma conta poupança digital exatamente como todos os brasileiros que não tem conta e que estão recebendo agora o auxílio de R$ 600. Esta será uma política nossa a partir de agora. A poupança digital é um programa de inclusão social e financeira”, explicou.

Para efetuar os pagamentos das contas do FGTS, a Caixa vai anunciar um cronograma, de acordo com o mês de nascimento do trabalhadores.