A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

03/07/2009 18:55

Seprotur fiscaliza usina 100% mecanizada em Angélica

Redação

A usina Angélica Agroenergia, construída no município de Angélica, foi vistoriada na quarta-feira (1) por técnicos do CDI (Conselho de Desenvolvimento Industrial), da Seprotur (Secretaria do Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo). O empreendimento abandona completamente as técnicas da queima e corte manual, sendo 100% mecanizado.

Está prevista a geração de 2.170 empregos no local e para funcionar logo, a vistoria era imprescindível, afinal, com ela a usina obterá o certificado de benefício fiscal. Segundo o relatório "in-loco" da Seprotur, 263 veículos, sendo 212 a diesel, compõem a frota da usina, que possui índices de produção compatíveis com os previstos no projeto de viabilidade econômico financeiro apresentado.

Foram investidos R$ 400 milhões no empreendimento, de acordo com a vistoria. Já em relação aos empregos gerados, o número está acima da previsão inicial, ou seja, de 1,8 mil empregos diretos.

O superintendente de Indústria, Comércio e Turismo da Seprotur, Jonathas Camargo, afirma que foi constatada a grande contribuição desta empresa para o desenvolvimento da região de Angélica. Ele cita que a geração de empregos é o ponto forte da usina, já que propiciará a contratação de 900 funcionários que residem em Angélica, entre outros que moram em Deodápolis, Jateí, Ivinhema e Novo Horizonte do Sul.

Produção - A capacidade inicial da planta industrial será de 500 mil litros de álcool por dia, mas está projetada para a produção de até 1 milhão de litros diários. Quanto à energia elétrica por meio da co-geração, a empresa já conta com linha de transmissão até a rede de distribuição da Enersul (Empresa de Energia Elétrica de Mato Grosso do Sul), com 20 quilômetros de extensão.

Camargo comenta ainda que a partir do momento que a usina estiver funcionando plenamente, a energia gerada na unidade será suficiente para abastecer uma cidade do tamanho de Dourados, que, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que possui 182 mil habitantes.

O município de Angélica enfrentou, de acordo com dados da Seprotur, um processo de redução da população nos últimos anos

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions