A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Outubro de 2018

24/03/2009 15:25

Sete parcelas do seguro-desemprego não chegarão a MS

Redação

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, anunciou que 103,7 mil trabalhadores demitidos em dezembro de 2008 terão direito a receber duas parcelas extras do seguro-desemprego, mas nenhum é de Mato Grosso do Sul.

Foram relacionados 42 subsetores da economia, em 16 estados, dos quais os trabalhadores perderam emprego no final do ano passado. Apesar do desemprego nos frigoríficos sul-mato-grossenses, o estado não entrou na lista de beneficiados.

O critério adotado pelo Ministério do Trabalho foi a comparação da média, entre 2003 e 2009, da evolução do emprego formal celetista de cada subsetor de atividade, com base no movimento dos meses de dezembro, janeiro e fevereiro últimos. Os que tiveram saldo negativo 30% superior a esta média, vão ser atendidos, com gasto estimado de R$ 126 milhões.

Serão beneficiados São Paulo (44.312) e Minas Gerais (41.412) estão 85.724 trabalhadores beneficiados, 82,6% do total. Fazem parte da lista ainda os estados do Espírito Santo (4.108), Paraná (3.327), Santa Catarina (3.155), Rio Grande do Sul (2.753), Amazonas (2.399), Paraíba (489), Rio de Janeiro (485), Goiás (381), Maranhão (337), Bahia (222), Amapá (111), Ceará (79), Sergipe (69) e Pernambuco (68).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions