A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/09/2011 15:24

Setor pede e Governo avalia retomar ICMS zero para a indústria têxtil

Marta Ferreira

O Governo de Mato Grosso do Sul criou uma comissão, na Secretaria de Fazenda, para estudar a retomada da isenção de ICMS para as indústrias do setor têxtil e do vestuário. A alíquota zero funcionou até 2010, mas este ano voltou a 0,6% e os empresários da área reivindicam que ela vote a ser zerada até 2015, para conseguir fazer frente à concorrência dos produtos que vêm, essencialmente, da China.

A criação do gurpo de estudo foi anunciada hoje, durante reunião entre o governador André Puccinelli (PMDB), o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de MS), Sérgon Longen, e representantes de 25 empresas, na Governadoria.

A comissão será formada por funcionários da Sefaz e empresários. Puccinelli deu prazo até o fim do mês para que a comissão apresente os pós e os contras da adoção da medida.

“De posse dessas informações, vamos fazer o estudo desse pleito e, com a sinceridade que esse segmento merece, daremos uma resposta com rapidez e clareza”, disse o governador. Ele afirmou que pretende fazer o possível para atender a reivindicação dos empresários.

“Pela reunião realizada hoje, o governador demonstrou uma tendência de que está disposto a negociar o pleito do segmento”, avaliou o presidente da Fiems.

“É importante termos esse canal aberto com o Governo do Estado e os empresários precisam saber que podem continuar recorrendo ao Sistema Fiems e ao Sindivest/MS, que disponibilizam todas as informações sobre infraestrutura, benefícios fiscais, qualificação de mão de obra e financiamentos”, avaliou.

Fôlego-O presidente do Sindivest/MS, José Francisco Veloso, acredita que, se for retomada a alíquota zero, as empresas tenham fôlego para trabalhar e ser mais competitivas em relação aos produtos chineses.

“Esse grupo de trabalho que será montado terá totais condições de apresentar os dados necessários ao Governo do Estado até o fim do mês.

Acreditamos que o governador será favorável ao nosso pleito, facilitando um pouco mais as condições para que as empresas do segmento continuem no Estado, gerando emprego e renda”, destacou.

Proprietário da fábrica Via Blumenau, o empresário Júlio Fukakusa, disse que a reunião abriu uma porta de negociação dos empresários com o Governo do Estado. “Agora, poderemos mostrar os nossos números e analisar junto com a Sefaz o que está acontecendo neste momento com as finanças das indústrias do vestuário e têxtil”.

O proprietário da Universo Íntimo, Gilberto Romanato, viu sensibilidade da parte do governador. A empresa dele tem 1.400 funcionários na unidade de Campo Grande.

“Vamos mostrar o real efeito na economia estadual, caso as empresas aqui instaladas tenham de deixar Mato Grosso do Sul devido a falta de incentivos fiscais”, declarou, considerando oportuno o momento para discutir propostas e estratégias de crescimento. “Precisamos de crescimento constante e elaborar propostas é essencial, dessa forma garantimos a competitividade”, salientou.

Representante da indústria de confecção Ômega Paper, Gilberto Juvenal da Silva, que está em processo de instalação no município de Ribas do Rio Pardo, garante que a concessão de incentivos fiscais motivou a implantação de uma filial em Mato Grosso do Sul.

“Já geramos 70 empregos diretos e indiretos, com isso pretendemos acirrar a disputa com os mercados de outros Estados, alavancando a competitividade”, pontou o representante da Ômega Paper, Gilberto Juvenal da Silva. A empresa está em fase de implantação em Ribas do Rio Pardo.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions