A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

24/03/2017 17:51

Três agências do Banco do Brasil já estão fechadas na Capital; veja quais

Ricardo Campos Jr.
Comunicado anunciando fechamento da agência do Banco do Brasil na Avenida Afonso Pena, perto do Parque das Nações (Foto: Lucimar Couto)Comunicado anunciando fechamento da agência do Banco do Brasil na Avenida Afonso Pena, perto do Parque das Nações (Foto: Lucimar Couto)
Caixas eletrônicos na agência da Chácara Cachoeira já foram desligados (Foto: Lucimar Couto)Caixas eletrônicos na agência da Chácara Cachoeira já foram desligados (Foto: Lucimar Couto)

O Banco do Brasil oficializou o fechamento de mais duas agências em Campo Grande. As unidades da Afonso Pena perto do Parque das Nações Indígenas e da Avenida Ricardo Brandão, ao lado da Câmara Municipal, já não estão mais funcionando.

Conforme havia sido anunciado pela instituição, as medidas fazem parte de um plano de restruturação que tem sido colocado em prática desde novembro de 2016. Na Capital, também foi fechada a agência localizada na esquina das ruas Dom Aquino e 13 de Maio, no Centro da cidade.

Na unidade da Ricardo Brandão, as portas para o autoatendimento estão abertas e poucos reparam nos cartazes fixados no vidro informando sobre o fechamento. Os caixas eletrônicos já foram desligados, de modo que nenhum serviço estava sendo feito. O cinegrafista Valdomiro Junior foi até o local na esperança de sacar dinheiro, mas deixou o local sem conseguir efetuar o serviço.

“Semana passada eu vim aqui e eles estavam funcionando, não tinham as placas. Para mim, é horrível, porque eu moro aqui do lado. Agora a agência mais próxima é a da avenida Eduardo Elias Zahran ou lá na Avenida Mato Grosso”, reclama o cliente.

Já na agência próxima ao Parque das Nações os caixas continuam ligados e realizam alguns serviços, como saques, consultas a saldo e emissão de extratos. O aviso sobre o encerramento das atividades foi colocado apenas na parte interna, na porta entre o autoatendimento e o local onde ficavam os caixas.

O pecuarista Francinei Aleixo, 40 anos, não reparou nas placas, mas sabia do fechamento por meio do gerente dele, que atua na agência central (Afonso Pena com a 13 de Maio). Ele repara no prédio construído para abrigar a agência, que ainda está novo.

“É uma política do banco, mas essa agência fica bem na Via Parque, perto da Caixa e do Itaú. Foi um dinheiro jogado fora”, pondera.

O Campo Grande News tentou contato com o superintendente do Banco do Brasil em Campo Grande, Glaucio Zanettin, mas ele não estava na sala e não foi localizado pelos atendentes para conversar com a equipe de reportagem. A assessoria de imprensa da instituição afirmou que só comentará o assunto na segunda-feira.

Ao todo foram quatro as agências com operações suspensas no estado. Além das três localizadas na Capital, outra em Corumbá também foi desativada. O programa de restruturação, segundo informou a Agência dos Bancários, também inclui programa de aposentadoria voluntária para 202 dos 1.381 funcionários da instituição.

Os servidores que atuam nas agências fechadas, mas que não atingiram as idades para aderirem ao programa foram deslocados para outras unidades.

Agência da Ricardo Brandão: fechamento pegou clientes de surpresa, apesar de comunicados (Foto: Lucimar Couto).Agência da Ricardo Brandão: fechamento pegou clientes de surpresa, apesar de comunicados (Foto: Lucimar Couto).
Juíza federal derruba outra vez aumento dos combustíveis
A juíza Adverci Rates Mendes de Abreu, da 20ª Vara Federal de Brasília, concedeu liminar que suspende o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis. ...
Dólar cai 1% seguindo exterior, entrada de fluxo e avanço das commodities
O dólar ampliou a queda ante o real nesta tarde de sexta-feira, 18, em meio a uma entrada acentuada de fluxo devido à aproximação do cronograma de pa...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions