A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/02/2009 07:20

Venda de álcool pode superar a de gasolina este ano

Redação

O Sindal/MS (Sindicato da Indústria da Fabricação do Açúcar e do Álcool no Estado) prevê que neste ano as vendas de álcool combustível ultrapassem a comercialização de gasolina em Mato Grosso do Sul. O que respalda a perspectiva é o crescimento da frota flex.

O presidente da entidade, Roberto Hollanda Filho, explica: "Essa é a uma tendência nacional. Temos crescimentos expressivos não só em Mato Grosso do Sul, mas muito mais em Estados, como o Rio de Janeiro, Bahia e Minas Gerais, onde o consumo de etanol praticamente dobrou", comparou.

Números do Detran/MS (Departamento Nacional de Trânsito de Mato Grosso do Sul) apontam que em 2006 circulavam no Estado 28.530 veículos flex fuel e em 2007 eles já somavam 50.738, um crescimento de 77,84%. Já em 2008, a frota de veículos bi-combustível saltou para 79.427, alcançando índices de crescimento de 56,54% em relação a 2007.

Desde que a motorização começou a ser popularizada, em 2003, o crescimento chega a 178,5%.

No ano passado no Estado, de acordo com a ANP, foram comercializados 267.269 metros cúbicos de gasolina tipo A (sem adição de álcool anidro) contra 246.721 metros cúbicos em 2007, ao passo que as vendas de etanol chegaram a 255.370 metros cúbicos contra 187.713 metros cúbicos em 2007. Se a comparação for feita pelo movimento de venda dos dois tipos de combustíveis nos anos anteriores, o consumo de gasolina atingiu uma casa percentual, somando aumento de 8,33% entre 2007 e 2008, enquanto no mesmo período as vendas de álcool atingiram 36,04%.

Em uma análise mais detalhada, o crescimento nas vendas foi expressivo nos últimos três anos, representando 29,5% de 2006 para 2007 e 33% de 2007 para 2008. Sendo que no período de 2006 para 2008, o crescimento no consumo de etanol, supera os 72%, segundo a ANP. Pelo ritmo de crescimento, já é possível afirmar que "as vendas de etanol já superaram a da gasolina no Estado", afirma o presidente do Sindal/MS.

Hoje há 14 usinas operando em Mato Grosso do Sul, número que deve dobrar nos próximos anos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions