A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/05/2012 20:18

Venda de automóveis deve subir em maio, após meses de estagnação

Luciana Brazil
Vendas de carro devem crescer a partir de maio. (Foto:Minamar Júnior)Vendas de carro devem crescer a partir de maio. (Foto:Minamar Júnior)

O mercado de automóveis em Mato Grosso do Sul, no mês de abril, segue estagnado em relação ao número de vendas de veículos, segundo a Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores) regional. De acordo com a Federação, houve diminuição na produção de veículos, mas as vendas não sofreram queda e permaneceram apenas estagnadas desde o início do ano.

Dados revelam que a alta na comercialização se manteve praticamente imperceptível. O número de emplacamentos, que reflete a quantidade de veículos vendidos, aponta que 17 automóveis a mais foram comercializados em março de 2011, em comparação com o mesmo período deste ano.

O gerente de vendas da empresa Ford, em Campo Grande, Fernando Oliveira, acredita que a estagnação se deve a um conjunto de fatores. “Aqui no Estado o mercado se tornou mais competitivo, chegaram novas empresas, o que aumenta a concorrência”. Segundo ele, o aumento na taxa de juro nos meses de fevereiro e março foi o estopim para o quadro atual das vendas. Além disso, houve redução de empréstimos e cautela do consumidor.

Porém, a baixa na taxa de juros, anunciada pelos bancos no fim deste mês, deverá atrair os clientes novamente, conforme assegurou Fernando. As vendas no mês de maio deverão crescer cerca de 9%, conforme prevê Oliveira. No mercado, as vendas no Estado seguem entre 2 mil e 2,2 mil veículos por mês. Segundo Fernando, o índice de venda a partir do mês de maio pode alcançar cerca de 2,4 a 2,5 mil veículos, o que representaria um aumento considerável na comercialização.

“Depois que os bancos anunciaram baixa na taxa de juros, é certo que as vendas vão aumentar e deverá seguir assim até o fim do ano”, revelou.

Nacional: Informações apuradas pelo jornal Folha apontam que em todo país houve queda na venda de automóveis no período de abril de 2012, em comparação com o mesmo período no ano de 2009, quando o Brasil sofreu os efeitos da crise financeira dos Estados Unidos, no final de 2008.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions