ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 28º

Economia

Vendedores de celulares esperam aumento de 30% nas vendas com chegada de 5G

Sinal 5G será ativado em Campo Grande na próxima segunda-feira

Karine Alencar e Cleber Gellio | 15/09/2022 17:37
Celulares que poderão contar tecnologia do 5G em loja de Campo Grande (Foto: Cleber Gelio)
Celulares que poderão contar tecnologia do 5G em loja de Campo Grande (Foto: Cleber Gelio)

A chegada do sinal 5G em Campo Grande na próxima segunda-feira (19), deve movimentar o mercado de smartphones. Vendedores da Capital esperam aumento de 20% a 30% nas vendas a partir da ativação da nova tecnologia.

Isso porque, a faixa de 3.625 a 3.700 MHz não é compatível com todos os tipos de aparelhos. Conforme lista divulgada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), muitos dos modelos lançados recentemente, não estarão aptos para receberem o serviço.

O 5G é a quinta geração da telefonia móvel. Como será distribuída em faixas de frequência maiores, a expectativa é de que a velocidade aumente de 50 a 100 vezes.

Para o empresário Nei de Oliveira, de 43 anos, que tem uma banca de celulares no Camelódromo, a expectativa é grande. Ele conta que desde que começaram a falar sobre a frequência, as pessoas já começaram a ficar mais atentas na hora de comprar e estão procurando por telefones que integram a rede.

"As vendas já começaram a crescer lá atrás e eu acredito que deve subir cerca de 20% a mais. Além disso, por aqui ser uma banca de celulares, as pessoas vêm atrás de informações sobre o novo 5G e acabam comprando", conta. No estabelecimento, os celulares que receberão cobertura 5G são vendidos de R$ 1.350 a R$ 3.330, sendo Xiaomi, Sansung e Aplle.

Luiz Carlos Gomes, de 28 anos, possui três lojas de smartphones na cidade e acredita que as vendas vão dobrar. "Agora ainda não estou vendo tanta procura, mas quando o serviço começar de fato, com certeza vamos vender o dobro, até porque, eu acho que daqui a um ano não terá mais tanta gente usando ainda o 4G", avalia. No local, os aparelhos que terão a cobertura, custam de R$ 1.900 a R$ 6.699.

Planos- Apesar dos custos com aparelhos novos, as faturas de planos com operadores não devem sofrer acréscimos. Mesmo com os custos para fornecer o sinal em Campo Grande, as operadoras Claro e Tim asseguraram que por hora não serão aplicadas correções nos pacotes de internet.

Celulares- Para usar o novo sinal, é preciso ter um celular compatível com o 5G, acessando automaticamente quando o aparelho estiver próximo de uma antena. A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou a lista de aparelhos aptos a nova tecnologia.

Dos modelos famosos entre a galera amante da Apple, somente os iPhone 13, 13 Pro, 13 Pro Max, 13 Mini, iPhone 12, 12 Pro, 12 Pro Max e 12 Mini, terão a cobertura. Já os motorolas, o Edge, Edge 20, 20 Pro, 20 Lite, Edge 30, 30 Pro, Moto G50 5G, G 5G Plus, G71, G200, G 5G, G100 e Moto G82 poderão usufruir do serviço.

Nos da marca Samsung: Galaxy Note 20 5G, Note 20 Ultra 5G, Galaxy Z Fold 2 5G, Z Flip 3, Z Fold 3, S20 FE 5G, S21 5G, S21 Ultra 5G, Galaxy S22, S22 Ultra, A73 5G, A23 5G, A22 5G, Galaxy M23, M52, M53, M33, A13 5G, Galaxy S21 FE, A53, A52s, A52 e A33.

Xiaomi: 12, 12 Lite, 11 Lite 5G, Poco M3 Pro 5G, Poco M4 Pro 5G, X4 Pro 5G, Redmi 10 5G, Note 10 5G e Redmi Note 11 Pro 5G. O Smartphone TCL 20 Pro 5G, Infinix Zero 5G, Nokia G50 e Lenovo Legion Phone Duel.


Nos siga no Google Notícias