A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/06/2009 16:17

Wal-Mart fará auditoria em frigoríficos antes da compra

Redação

A rede de supermercados Wal-Mart planeja realizar auditorias nos frigoríficos de todo o País antes de comprar carne bovina. A medida deverá atingir as indústrias instaladas em Mato Grosso do Sul, como Bertin e Marfrig.

Em entrevista o Valor Econômico, a vice-presidente de sustentabilidade do Wal-Mart, Daniela de Fiori, afirmou que as empresas que farão as auditorias vão ser definidas em 30 dias. Os primeiros laudos vão ser apresentados em 90 dias.

A ideia é que os laudos garantam que as fazendas de origem dos bovinos não estejam envolvidas com desmatamento ilegal ou com denúncias de corrupção de fiscais, como foi divulgado na semana passada.

"Vamos iniciar o processo de auditoria para entender a origem e o transporte dos animais", disse o presidente do Wal-Mart no Brasil, Héctor Núnes. Segundo ele, a rede varejista também passará a exigir dos frigoríficos a apresentação da Guia de Trânsito Animal (GTA) para continuar comprando bovinos. Alguns agentes argumentam que há controle sobre a fazenda que vende o boi ao frigorífico, mas não acerca da vida pregressa do animal, que precisa estar detalhada na GTA.

O executivo também informou que as fazendas denunciada pelo Greenpeace por desmatamento, além daquelas que estão na chamada "lista negra" dos Ibama já deixaram de fornecer para o Wal-Mart.

Diante disso, e por medida preventiva, a rede suspendeu as compras de carne oriunda de fazendas do estado do Pará, que representavam 12% do total adquirido pela varejista no Brasil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions