A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019

27/11/2019 14:54

Indicação para direção de Medicina obedece lista tríplice, defende UFMS

Marcelo Vilela foi nomeado pelo reitor Marcelo Turine, conforme publicado na edição de terça-feira do Diário Oficial da União

Gabriel Neris
Estudantes estendem faixa em frente ao prédio da reitoria em protesto (Foto: Clayton Neves)Estudantes estendem faixa em frente ao prédio da reitoria em protesto (Foto: Clayton Neves)

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) defende que a escolha de Marcelo Vilela, ex-secretário de Saúde de Campo Grande, para comandar a Famed (Faculdade de Medicina), obedece à lista tríplice e todo ritual previsto para a nomeação.

Acadêmicos foram para frente do prédio da reitoria nesta quarta-feira (27) protestar contra decisão do reitor Marcelo Turine. Os estudantes alegaram que na consulta feita em setembro, o professor Wilson Ayach, no comando da Famed desde o fim de 2015, foi o mais votado. O nome de Vilela foi confirmado em publicação na edição de terça-feira do Diário Oficial da União.

A instituição respondeu que “no processo de escolha para o quadriênio 2019-2023, a consulta à comunidade universitária apontou votos para os professores Marcelo Vilela e Wilson Ayach. O conselho da unidade organizou a lista tríplice, composta pelos professores Wilson Ayach, Débora Marchet Chaves Thomaz e Marcelo Vilela. Elaborada a lista com base em decisão do conselho, compete ao reitor à nomeação de um dos três indicados na lista”, diz trecho da nota.

“Os três nomes foram analisados pelo Sinc (Sistema Integrado de Nomeações e Consultas), da Casa Civil, e a nomeação observou aos dispositivos legais, incluindo-se o fato de comprovação de inexistência de pendências ao tempo da nomeação. Assim, a nomeação para direção da Famed obedece à lista tripla elaborada pelo conselho da unidade, a legislação e faz parte da rotina administrativa de todas as universidades federais brasileiras e também da UFMS, além de seguir o Estatuto e Regimento Geral da UFMS”, completa a instituição.

Marcelo Vilela é médico urologista e concursado da UFMS desde 2013. Ele disse ao Campo Grande News que é professor da disciplina Clínicas Integradas 4, e preferiu não se manifestar sobre o protesto dos acadêmicos.

O que era rápido, melhorou! Seja exclusivo, cadastre o telefone (67) 99981 9077 e receba as notícias mais lidas no Campo Grande News pelo seu WhastApp. Adicione na sua lista de contato, mande um "OI", e automaticamente você será cadastrado.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
Governo anuncia versão digital de diplomas com custo 80% menor
O Ministério da Educação (MEC) anunciou hoje (10) que universidades e instituições de ensino superior terão uma nova modalidade de emissão de diploma...
Uems está com inscrições abertas em pós-graduação em Gestão Pública.
A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Maracaju, cidade a 160 quilômetros de Campo Grande está com inscrições abertas no processo se...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions