ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 15º

Educação e Tecnologia

Programa que paga salário a estudante divulga resultado na próxima semana

Apoio financeiro do Governo do Estado segue aberto até 30 de novembro

Por Gustavo Bonotto | 12/04/2024 22:43
Estudantes em sala de aula. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Estudantes em sala de aula. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

A primeira lista de estudantes aptos ao MS Supera, programa que paga até um salário mínimo como bolsa àqueles que fazem cursos de graduação, deve ser divulgada na próxima semana seguindo o prazo de até 10 dias úteis. A informação foi confirmada pela Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos) na tarde desta sexta-feira (12).

Ao todo, são 1,3 mil vagas para o auxílio, que segue com inscrições abertas até 30 de novembro.

O benefício, segundo a pasta, será pago através de transferência bancária instantânea, creditado na conta bancária do beneficiário até o dia 5 de cada mês. O programa prevê um prazo máximo de 12 meses para a integralização do curso, após o qual o estudante será automaticamente desligado do programa.

Caso haja vagas remanescentes em 2024, estas poderão ser preenchidas pelos estudantes inscritos e habilitados neste processo seletivo, conforme disponibilidade orçamentária e financeira do Estado.

A listagem de estudantes habilitados e classificados será atualizada até o 10º dia útil de cada mês. A classificação será baseada na menor renda média do núcleo familiar, priorizando mães solteiras e pessoas com deficiência em caso de empate.

Requisitos - Conforme a resolução da Sead, disponível no DOE (Diário Oficial do Estado), dentre os critérios para participação no MS Supera, os estudantes devem comprovar uma renda individual de até um salário mínimo ou uma renda familiar não superior a três salários mínimos.

A Lei 6.135/2023, que institui o Programa MS Supera, também estabelece que, em caso de verificação de irregularidades na documentação apresentada ou violação aos critérios para a concessão do benefício, o pagamento será suspenso temporariamente.

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok.

Nos siga no Google Notícias