A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

08/11/2019 17:13

Revisão tranquila e descanso são dicas para véspera do 2° dia de Enem

Mais de 70 mil pessoas que se inscreveram para o exame em MS farão as provas de Matemática e Ciências da Natureza domingo

Fernanda Palheta e Maressa Mendonça
Alunos do cursinho Dom Bosco participaram de aulão de revisão nesta sexta-feira (Foto: Kisie Ainoã) Alunos do cursinho Dom Bosco participaram de aulão de revisão nesta sexta-feira (Foto: Kisie Ainoã)

Às vésperas do segundo dia do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), neste domingo (10), quando serão realizadas as provas de Ciências da Natureza e Matemática e os professores orientam os estudantes a revisar o conteúdo e descansar a mente. Em Mato Grosso do Sul, mais de 70 mil pessoas se inscreveram para o exame.

Para as candidatas Izadora Ramos, de 20 anos e Vitoria Marla, de 21, a preparação para o Enem começou no dia seguinte da primeira etapa, na última segunda-feira (4). A semana entre uma prova e outra foi focada na revisão.

“Desde o começo da semana eu já comecei a revisar os conteúdos de matemática, biologia, física e química. Também já comecei a fazer exercícios de edições anteriores do Enem. Venho fazendo isso a semana inteira”, detalha Izadora que quer fazer odontologia. Ela ainda conta que a tecnologia ajuda na preparação. “Tem muito aulão no You Tube nessa fase, é bom para assistir porque dá para relembrar”, completa.

Depois de um dia de intensivão no cursinho a programação para sábado é de tentar descansar. “Eu vou dar uma olhadinha em algumas fórmulas muito importantes, como mecânica, em física e dar uma revisada em alguns conceitos de matemática que cai todo ano”, confessa. “Depois eu vou ficar de boa”, completa. Na véspera do primeiro dia de prova Izadora foi ao cinema para relaxar e neste fim de semana a ideia é ficar com a família.

Para a candidata Vitória Marla, de 21 anos, que quer fazer medicina, a semana foi focada na revisão. “O que a gente não lembra, a gente aproveita para revisar a teoria e depois praticar”, conta.

Já para amanhã, ela lembra do conselho dos professores. “Sábado é importante descansar, mas você quer sempre dar uma revisada, o que não é tão bom, principalmente porque é muito cansativo o segundo dia de prova”, lembra. A programação para o dia anterior é descansar. “Vou passar o dia com a minha família”, conta.

Ana Clara Falcão da Silva, de 17 anos, sonha com uma vaga no curso de Arquitetura e começou a se preparar para a prova quando ainda estava no 2º ano do Ensino Médio. Em 2018, ela fez a prova pela primeira vez.

Sobre as impressões da 1ª fase do exame deste ano ela disse que esperava “mais conteúdo”, mas o caráter interpretativo foi mantido. Para este domingo, ela espera “muito cálculo. Não tem como fugir”, disse a estudante, reforçando estar tranquila.

Candidato ao curso de Medicina, Vinícius Martins, também de 17 anos, participa do Enem como treineiro desde 2016. Ele comemora o fato de a edição deste ano ter sido feita em duas fases e opina que o momento agora é de “descansar e revisar”.

Sobre a expectativa para a próxima prova, a opinião é semelhante a de Ana Clara, “mais conteúdo”.

Para Júlio Gonzaga, de 20 anos, essa divisão da prova em duas etapas torna o Exame menos cansativo. “A gente não fica com tanto sono na prova”. Ele achou as questões mais curtas que das edições anteriores e confessou estar um pouco preocupado com a prova do próximo domingo.

 

Alunos do cursinho Refferencial também participaram de revisão (Foto: Fernanda Palheta)Alunos do cursinho Refferencial também participaram de revisão (Foto: Fernanda Palheta)

Dicas - A orientação dos professores é unânime: um revisão leve e descansar no sábado. Este também foi o conselho dado pelo professor de biologia e coordenador do cursinho do Colégio Refferencial, Edilson Soares da Silveira.

“Como o tempo está praticamente esgotado a recomendação é pegar os temas mais importantes, que caíram com mais frequência no Enem nos últimos anos de cada disciplina, porque não dá tempo de revisar tudo”, aponta. “Lembrando que é uma revisão com tranquilidade porque sabemos que o aluno não vai conseguir revisar tudo em 1 dia e meio. E o sábado é de descanso”, completa.

Segundo o professor a orientação é deixar os livros de lado nas últimas 24 horas que antecedem a prova. “Tirar o sábado para descansar, curtir a família, ir ao cinema, comer uma comida leve, dormir mais cedo, acordar no domingo de manhã e fazer uma caminhada com a família”, aconselha.

Já para o dia da prova as orientações começam já na chegada. “Os candidatos devem chegar no local da prova com uma hora de antecedência, no mínimo”, afirma. Com a prova em mãos a orientação é começar pelas questões mais fáceis. “Sabemos que o Enem é uma prova de resistência e velocidade, então o aluno depende de um tempo médio de 3 minutos para resolver cada questão. Então se ele atrasa uma questão já vai comprometer as outras”, explica. “Quando o candidato encontrar uma questão com um grau maior de dificuldade, marca essa questão para voltar nela depois”, dá a dica.

Edilson também lembra que os candidatos devem calcular o tempo para passar as respostas para o gabarito. A dica, segundo ele, é reservar pelo menos meia hora para o processo. Outro conselho dado pelo professor é de usar todo o tempo disponível para fazer a prova, mesmo que ele seja o último a sair da sala. O professor explica que assim o candidato garante que terá tempo para ler toda a prova com calma.

Questionado sobre as dicas para a prova de biologia, o professor aposta em questões ambientais. Segundo ele, assuntos que devem cair são desastres como os que aconteceram em Brumadinho e Mariana.

Já para a prova de matemática, o professor da disciplina, Valdivino Pereira da Costa, aposta raciocínio lógico, porcentagem e probabilidade como alguns dos conteúdos que estão presentes no próximo domingo. “Estes são alguns dos conteúdos que caem com frequência na prova. Além de matemática financeira, volume e área e análise gráfica”, completa.

Para a prova de matemática a dica é ler a prova toda. “O candidato deve ir lendo e resolvendo as questões mais simples porque ele ganha confiança e ainda consegue fazer o maior número de questões. Não se prender às questões demoradas, deixar para o final da prova”, detalha. O professor de matemática ainda analisa que o Enem continua sendo uma prova com bastante interpretação, mas que está mais conteudista.

A professora de biologia do cursinho Dom Bosco, Ana Paula Machado orienta os alunos a continuarem revisando os conteúdos, especialmente aqueles em que sentem maior dificuldade. “A interpretação será um aspecto importante na prova”, opina ela, ressaltando as aplicações das Ciências da Natureza e da Matemática.

A dica do coordenador do cursinho Dom Bosco e professor de Matemática, Fernando ‘Barney’ para esta reta final não é só para os alunos. Para estes ele diz “revisar e controlar a ansiedade”. Em relação aos familiares ele comenta. “Não é o momento de cobrar. É de dar força”, finalizou. 

Aluno aproveita últimos dias antes da 2 ª fase do Enem para revisar conteúdo (Foto: Fernanda Palheta)Aluno aproveita últimos dias antes da 2 ª fase do Enem para revisar conteúdo (Foto: Fernanda Palheta)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions