ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 24º

Educação e Tecnologia

Tecnologia chega a MS para tráfego mais rápido de dados na internet

Serviço será disponibilizado em Campo Grande após 8 anos de estudos e aprimoramentos

Por Liniker Ribeiro | 24/09/2020 17:25
Chegada da tencologia PTT (Ponto de Troca de Tráfego) promete melhorar tráfego de dados, na internet (Foto: Liniker Ribeiro)
Chegada da tencologia PTT (Ponto de Troca de Tráfego) promete melhorar tráfego de dados, na internet (Foto: Liniker Ribeiro)

Navegar na internet e compartilhar informações de forma on-line será mais rápido e seguro, a partir da semana que vem, em Campo Grande. A ativação da tecnologia PTT (Ponto de Troca de Tráfego), na Capital, garantirá melhor desempenho e conexão mais eficiente entre computadores. É o que prometem especialistas, que há 8 anos, estudam e aprimoram técnicas para ativação do serviço em Mato Grosso do Sul, a exemplo do que já acontece em Estados brasileiros, como São Paulo.

“Isso irá ajudar a diminuir o tráfego local. Hoje, para acessar o site do TJ (Tribunal de Justiça), por exemplo, a conexão vai até São Paulo e volta para Campo Grande para acessar os servidores do órgão. Com o PTT, você ganha em desempenho da rede e dos serviços ofertados pela prefeitura, Estado, poder judiciário e empresas”, explica Jonathan Martins, consultor de T.i.

Segundo ele, a implantação da tecnologia em MS levou tempo e dedicação. “Foram 8 anos de aprimoramento de uma iniciativa que eu e o atual diretor de tecnologia do TJMS, Altair Anselmo Júnior, tivemos”, relembra.

“Fomos atrás do NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR), para que disponibilizassem equipamentos, fizemos reuniões, alinhamos quantas pessoas estariam interessadas em aderir e fizemos vaquinha entre os provedores para comprar equipamentos e poder ativar esses pontos, relembra. Desde o anos passado os equipamentos começaram a ser instalados.

E, a ideia que surgiu durante conversa entre amigos, começou a ser colocada em prática ano passado, a partir da instalação de equipamentos que serão ativados na semana que vem.

Além da Prefeitura de Campo Grande e do Governo do Estado, Unimed, Cassems, UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Associação de Provedores de Mato Grosso do Sul entre outras instituições, já aderiram à nova tecnologia, assim como a Rede Tendência já está ligada a tecnologia PTT SP.

Em Campo Grande, Central foi montada e funcionará no prédio do CPD (Centro de Processamento de Dados) da prefeitura.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário