ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  22    CAMPO GRANDE 33º

Educação e Tecnologia

Uems encerra inscrições para mais de 550 vagas em 32 cursos na quarta-feira

Serão permitidas as inscrições de candidatos que fizeram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2011 a 2019

Por Gabriel Neris | 17/02/2020 14:09
Campus da Uems no interior do Estado (Foto: Divulgação)
Campus da Uems no interior do Estado (Foto: Divulgação)

A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) abriu inscrições para 551 vagas em 32 cursos de graduação presencial oferecidos em 13 municípios. Serão permitidas as inscrições de candidatos que fizeram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2011 a 2019.

As inscrições devem ser feitas somente pela internet (clique aqui) até às 23h59 de quarta-feira (19).

As vagas são para Amambai (Ciências Sociais e História), Aquidauana (Engenharia Florestal), Campo Grande (Geografia e Letras), Cassilândia (Letras Português/Inglês e Matemática), Dourados (Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Física, Física, Letras Português/Espanhol, Letras Português/Inglês, Matemática, Pedagogia, Química Industrial, Química e Turismo).

Também há oportunidades para Glória de Dourados (Tecnologia em Produção Sucroalcooleira), Ivinhema (Ciências Biológicas), Jardim (Geografia e Letras Português/Inglês), Mundo Novo (Ciências Biológicas e Tecnologia em Gestão Ambiental), Naviraí (Engenharia de Alimentos), Nova Andradina (Matemática), Paranaíba (Ciências Sociais) e Ponta Porã (Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas).

Durante a inscrição, o candidato deve preencher os requisitos com os dados pessoais e número de inscrição no Enem de 2011 a 2019, além da renda familiar. O estudante também precisa especificar somente um curso a qual tem interesse. Quem optar em participar pelo regime de cotas deve fazer a opção no momento da inscrição.

Não haverá cobrança de taxa dos candidatos às vagas oferecidas pela Uems. O edital completo está disponível aqui.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário