ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Enquetes

Com vacinação avançada, maioria está preparada para "novo normal"

A partir de hoje, várias atividades voltam a funcionar no Estado, que é líder no ranking de vacinação

Por Guilherme Correia | 02/08/2021 07:28
Escolas estaduais retornaram com atividades presenciais nesta segunda-feira (Foto: Marcos Maluf)
Escolas estaduais retornaram com atividades presenciais nesta segunda-feira (Foto: Marcos Maluf)

Resultado de enquete do Campo Grande News, divulgado nesta segunda-feira (2), indica que 57% dos leitores estão preparados para um “novo normal”, passados quase dois anos de pandemia de covid-19, agora com boa parte da população já imunizada contra o vírus, enquanto os demais 43% estão mais inseguros com eventuais retornos.

A pergunta foi feita por conta das recentes flexibilizações decretadas em Mato Grosso do Sul. Escolas estaduais e municipais, em Campo Grande, já retornaram e os gestores têm adotado políticas públicas menos restritas quanto à mobilidade, o que era impensável há alguns meses, por exemplo, devido ao agravamento da pandemia.

Um dos índices que mostra essa queda é o de óbitos por mês - com 642 vítimas registradas em decorrência do coronavírus, julho acumulou menos óbitos do que os quatro meses anteriores, de junho (1,3 mil), maio (1,1 mil), abril (quase 1,4 mil) e março (1,1 mil).

O "novo normal", expressão popularizada durante a pandemia, que obrigou uma série de hábitos novos, começa no estado não apenas pelas instituições de ensino, como também pelo retorno de servidores públicos da prefeitura, Câmara Municipal e TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul)

Ainda que o MS esteja no topo do ranking nacional de vacinação, medidas básicas como higiene das mãos, distanciamento físico e uso de máscaras adequadas seguem vigentes.

Nos comentários, a leitora Aline Maria Vieira diz que uma das maiores preocupações, além de que os setores da economia se recuperem, é ver os alunos retornarem aos estudos com qualidade. “Meu sonho é ver todos vacinados para voltarem a ter a vida normal. Quantas pessoas foram prejudicadas perdendo seus empregos? Quantas crianças foram prejudicadas com falta de aula porque nem todos os pais têm o conhecimento que um professor tem?”.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário