ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 23º

Enquetes

Desconfiados, 61% acham que votação on-line não daria certo nas eleições

Tribunal Superior Eleitoral vai testar mecanismos durante disputa deste ano

Por Aletheya Alves | 25/09/2020 06:45
Ideia é que urnas não sejam única forma de votação. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Ideia é que urnas não sejam única forma de votação. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Sem valer oficialmente para as eleições municipais, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) irá testar mecanismos neste ano que poderão permitir votações pela internet no futuro. Nesta quinta-feira (24), o Campo Grande News questionou se o leitor acha que o sistema pode dar certo.

Confiando na ideia, apenas 39% acham que a mudança seria possível na realidade. Os testes buscam encontrar formas de ampliar a participação dos eleitores e reduzir custos do processo eleitoral.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Pensando na tecnologias virtuais que já funcionam bem, Diego Flores Ramos argumenta que os mecanismos na internet têm sido úteis. “Se para banco funciona, para cartório digital funciona, por que não funcionaria para eleição?”, questiona.

Parte dos 61% que não conseguem imaginar a alteração dando certo na prática, Elvis Shinzato diz que ficaria preocupado com a segurança. “Um hacker pode sim mudar o voto de qualquer um”.

Seguindo a mesma linha, José Roberto explica que presencialmente já existem trâmites para confirmar a identidade do eleitor, mas que não entende como seria pelo celular. “Se já duvidam se sou eu mesmo, imagina como que vou provar via web”.

Neste ano, as demonstrações terão candidatos e partidos fictícios, não havendo compartilhamento de dados eleitorais com as empresas que se oferecerem para apresentar as tecnologias.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário