ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 18º

Enquetes

Maioria dos leitores afirma ser contra ensino domiciliar

Enquanto 56% disseram não apoiar a medida, outros 44% são favoráveis

Por Mariely Barros | 20/05/2022 08:32
Estudante fazendo redação em folha modelo do Exame Nacional do Ensino Médio. (Foto: Arquivo)
Estudante fazendo redação em folha modelo do Exame Nacional do Ensino Médio. (Foto: Arquivo)

A maioria dos leitores do Campo Grande News, 56%, dizem que são contra o ensino domiciliar no Brasil, de acordo com a enquete desta quinta-feira . Texto-base do projeto de lei que regulamenta o ensino domiciliar no país, o chamado homeschooling, foi aprovado em uma votação relâmpago na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O leitor João Júnior defendeu a socialização dos alunos durante o processo de aprendizagem em sala de aula. “A vida escolar não se resume a conteúdo, mas ao aprendizado de questões de cunho social como aprender a dividir, compartilhar, ouvir opiniões contrárias, ceder, ganhar e perder. Trancar as crianças em casa é um total absurdo do ponto de vista do desenvolvimento psicossocial", disse.

Já a participante Denise Olmedo opinou sobre a falta de qualificação de alguns pais para ensinar seus filhos em casa. “Acho que em casa não tem profissionais qualificados como os professores. Eles formam todos os outros profissionais.”

Sem se alongar muito, a leitora Josiane Spindola rebateu aos que são contra a medida dizendo que a lei não irá obrigar os pais a aderirem ao método de ensino. “Não é obrigatório. Quem quiser e tiver condições vai ter essa opção sem ter que ir pra justiça exigir esse direito.”

"Homeschooling é uma palavra de Língua Inglesa que significa “educação escolar em casa”. No Brasil, o termo também é conhecido como educação domiciliar ou doméstica. Embora já exista há alguns anos, essa modalidade de educação tem ganhado novos adeptos ultimamente, depois do surgimento da pandemia do coronavírus, em março de 2020.

Nessa modalidade, a criança e o adolescente não frequentam a escola tradicional. Ao invés disso, eles são educados em casa, geralmente pelos seus pais, os quais participam ativamente do processo de formação intelectual dos seus filhos. O homeschooling defende que, ao terem aulas em casa, as crianças ganham mais segurança, conforto e qualidade, pois têm a atenção toda para elas.

Nos siga no Google Notícias