ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 10º

Enquetes

Maioria dos leitores são favoráveis à nova lei que permite porte de arma a CACs

Na enquete, 77% se manifestaram favoráveis, enquanto 20% são contra e 2% indiferentes

Por Idaicy Solano | 10/06/2022 08:13
CACs poderão andar livremente armados. (Foto: Agência Senado)
CACs poderão andar livremente armados. (Foto: Agência Senado)

Entrou em vigor no Mato Grosso do Sul, na última quarta-feira (8), lei que reconhece o risco da atividade de atirador desportivo. Quem for CAC (colecionador, atirador e caçador), agora, pode transitar portando arma. O Campo Grande News pediu a opinião dos leitores sobre a nova lei e 77% se manifestaram favoráveis, enquanto 20% são contra e 2% indiferentes.

Nas redes sociais, o assunto gerou divergência de opiniões. “Absolutamente contra. As estatísticas mostram a catástrofe que está sendo esse armamento”, opinou Teca Ferreira. “Todos deveriam ter direito ao porte de arma, mas a sociedade não está preparada para essa conversa”, manifestou Beatriz Prado Oliveira.

“Contra… deve ser permitido o uso somente dentro do clube, ninguém sabe o que pode acontecer fora do clube”, escreveu outro leitor.

Os autores da lei foram os deputados estaduais João Henrique Catan (PL) e Carlos Alberto David dos Santos (PL). “Importante destacar que Mato Grosso do Sul possui atiradores, devidamente registrados, dentre estes, atiradores esportivos e profissionais da área de segurança, pública ou privada, os quais necessitam do reconhecimento do risco da atividade por correm graves perigos de ataques, especialmente pelo fato de armazenarem e transportarem armas e munições que são bens de interesse de criminosos”, justificou Catan.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias