ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 21º

Enquetes

Maioria teve dificuldade para pedir carro em dia de paralisação

Motoristas de aplicativo paralisaram serviços ontem e convocaram carreata que percorreu ruas da Capital

Por Guilherme Correia | 18/03/2021 08:10
Carreata teve início em frente a Governadoria e seguiu até Aeroporto (Foto: Direto das Ruas)
Carreata teve início em frente a Governadoria e seguiu até Aeroporto (Foto: Direto das Ruas)

Com paralisação feita nesta quarta-feira (17) em Campo Grande e outras cidades brasileiras por motoristas de aplicativo, muitos passageiros tiveram dificuldades na hora de contratar serviço para ir trabalhar. Conforme resultado da enquete, 61% dos leitores que a responderam disseram que não conseguiram chamar carro.

"Com o preço que a gasolina está, já já passageiro estará andando de ônibus ou moto táxi. Muitos reclamam da miséria que pagam em algumas corridas", argumenta leitor, nos comentários do Campo Grande News, em defesa a reivindicações propostas pela categoria.

Os demais 39% relatam que conseguiram utilizar aplicativos sem maiores dificuldades. "Não desisti não, pedi outro app", comentou outro leitor.

Carreata em momento que passou pela Avenida Afonso Pena (Foto: Direto das Ruas)
Carreata em momento que passou pela Avenida Afonso Pena (Foto: Direto das Ruas)

O Campo Grande News solicitou retorno por parte da 99pop ontem, por meio de e-mail, mas não foi respondido até o momento. Já a Uber informa que entende insatisfação com preço do combustível e tenta instaurar medidas de auxílio. "Por meio do nosso programa de vantagens para parceiros, o Uber Pro, buscamos parcerias como a do posto Ipiranga, que devolve aos parceiros da Uber 4% de todo valor pago em combustíveis usando o app Abastece Aí".

Em relação a taxações consideradas abusivas por alguns profissionais, foi dito que "no passado, a taxa da Uber era fixa em 25%. Em 2018, ela se tornou variável e passou a fazer parte da estratégia da Uber em oferecer descontos para os usuários de modo a incentivar que eles façam viagens".
Há confusão entre os motoristas parceiros sobre o valor da taxa porque em algumas viagens ele pode aumentar enquanto, em outras, pode diminuir. É por isso que todos os motoristas parceiros ativos recebem toda semana, por email, um compilado sobre os seus ganhos", diz nota enviada pela empresa.

Por fim, em relação ao Uber Promo - que tem sido alvo de críticas por parte de motoristas - a empresa informa que "com menos demanda, a Uber precisa se reinventar e criar mais oportunidades de ganhos. É por isso que a Uber investe no UberX Promo, uma categoria que oferece viagens a preços 15% a 20% mais baixos e que só opera em horários em que os parceiros estão precisando esperar mais entre uma viagem de UberX e outra".

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário