ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 24º

Enquetes

O que você acha da possibilidade de "privatização" do SUS?

Presidente revogou decreto que autorizava entregar postos de saúde à iniciativa privada. O que acha disso? Participe da enquete!

Por Anahi Zurutuza | 29/10/2020 08:12
UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Moreninhas, uma das mais novas construídas em Campo Grande (Foto: Campo Grande News/Arquivo)
UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Moreninhas, uma das mais novas construídas em Campo Grande (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

Decreto publicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta semana autorizando o Ministério da Economia a realizar estudos para a inclusão das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) dentro do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República levantou polêmica sobre as intenções do governo de privatizar o SUS (Sistema Único de Saúde). A medida foi revogada ontem mesmo, 15 horas após a publicação.

Pelas redes sociais, Bolsonaro negou que tiveram o intuito de entregar o SUS para a iniciativa privada. “O espírito do decreto 10.530, já revogado, visava o término dessas obras (4 mil UBSs e 168 UPAs, citadas por ele em frase anterior), bem como permitir aos usuários buscar a rede privada com despesas pagas pela União”, postou no Twitter.

O presidente emendou dizendo que o projeto não foi descartado. “A simples leitura do decreto em momento algum sinalizava para a privatização do SUS. Em havendo entendimento futuro dos benefícios propostos pelo decreto o mesmo poderá ser reeditado”.

Mas e aí? Qual a sua opinião sobre o assunto? O que você acha da possibilidade de "privatização" do SUS?

Responda na nossa enquete. Já está no ar!

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário