A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/09/2010 17:18

CineCultura exibe revolução da MPB com "Uma Noite em 67"

Redação

O CineCultura exibe até o dia 23 de setembro o documentário "Uma Noite em 67", que revela além das composições concorrentes do III Festival de Música Popular Brasileira da TV Record, os bastidores políticos e os rachas artísticos que marcaram a história brasileira.

Realizado em 21 de outubro de 1967 no Teatro Paramount, no centro de São Paulo, a final do III Festival de Música da TV Record representou definitivamente a incorporação do momento político à música brasileira.

Diante de uma plateia fervorosa - disposta a aplaudir ou vaiar com igual intensidade -, alguns dos artistas hoje considerados de importância fundamental para a MPB se revezavam no palco para competir entre si. As canções se tornariam emblemáticas, mas até aquele momento permaneciam inéditas.

Entre os 12 finalistas, Chico Buarque e o MPB 4 vinham com "Roda Viva"; Caetano Veloso, com "Alegria, Alegria"'; Gilberto Gil e os Mutantes, com "Domingo no Parque"; Edu Lobo, com "Ponteio"; Roberto Carlos, com o samba "Maria, Carnaval e Cinzas"; e Sérgio Ricardo, com "Beto Bom de Bola".

O Festival de 1967 teve o seu ápice naquela noite, que se notabilizou não só pelas revoluções artísticas, mas também por alguns dramas bem peculiares, em um período de grandes tensões e expectativas.

Foi naquele dia, por exemplo, que Sérgio Ricardo, um dos maiores compositores contemporâneos do Brasil, selou seu destino artístico ao quebrar o violão e atirá-lo à plateia depois de ser duramente vaiado pela canção "Beto Bom de Bola".

Dirigido por Renato Terra e Ricardo Calil, o filme resgata imagens históricas e traz depoimentos inéditos dos principais personagens. Além deles, algumas testemunhas privilegiadas da festa/batalha, como o jornalista Sérgio Cabral (um dos jurados) e o produtor Solano Ribeiro.

Serviço: As exibições de "Uma Noite em 67" acontecem de segunda a sexta, a partir das 19 horas e aos sábados, domingos e feriados, às 19h30.

No mesmo período o CineCultura exibirá o documentário o suspense "O Escritor Fantasma", de Roman Polanski, que pode ser conferido de segunda a sexta, às 21 horas e aos sábados, domingos e feriados, às 17h e 21h10.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions