A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

22/08/2009 11:38

De "Gurizinho", cantor passa a cachê de 40 mil

Redação

Em apenas três anos, o adolescente Luan Santana, 17 anos, saiu de uma gravação amadora, feita por brincadeira, para um cachê de R$ 40 mil por show.

Quando começou a cantar, a voz era tão infantil que foi apelidado de "Gurizinho'. Uma música famosa, uma gravação caseira e a ajuda da tecnologia, com a canção passando de celular para celular entre os adolescentes, Luan foi fazendo a fama.

Agora, já cumpre agenda de 25 shows por mês, em pelo menos 15 Estados, diz a assessoria.

Com gravação de seu primeiro DVD, marcada para o próximo domingo (23), Luan falou ao Campo Grande News sobre o início da carreira e de como a internet ajudou a expandir o trabalho, que começou por diversão.

'Falando sério' foi a primeira música gravada por ele. O adolescente conta que a gravação foi feita em 2006, quando estava em um churrasco com amigos no município de Jaraguari, distante 51 quilômetros de Campo Grande.

"Eu gravei com uma qualidade ruim demais", confessa. Apesar disso, a música começou a se espalhar pela internet e a fazer sucesso entre o público jovem.

O passo de brincadeira para carreira de sucesso foi quando a música passou a ser conhecida, explica o cantor. "Eu ia ao mercado e quando ouvia o celular de alguém tocar via que era a minha música", lembra. A partir daí vieram outras gravações, como Sufoco, e o início dos shows.

O artista lembra que a internet 'ajudou muito' na divulgação do trabalho, principalmente entre o público jovem. "Atingimos uma faixa etária que antes não era alcançada pelo sertanejo", observa.

Profissionalização - Após o sucesso de 'Falando Sério', Luan Santana, que fazia participações com outros cantores, conta que sentiu vontade de um CD que tivesse 'a sua cara'.

Foi quando lançou o álbum intitulado 'To de cara', com 11 músicas. Apesar da participação de outros cantores, a maior parte das faixas é de sua composição.

No lançamento do DVD, que será feito durante as comemorações pelo aniversário de Campo Grande, além de nove músicas da gravação, serão lançadas outras dez músicas. A produção do artista garante que oito delas são inéditas, e serão apresentadas ao público somente no show.

As outras duas, 'Pra você lembrar de mim' e 'Você não sabe o que é amor', já fazem sucesso nas rádios do País.

MEC quer programa para ocupar vagas ociosas em universidades públicas
O Ministério da Educação (MEC) estuda criar ainda este ano uma nova modalidade do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), chamada Sisu Transferência, vo...
Mega-Sena acumula de novo e prêmio para sábado vale R$ 22 milhões
O segundo sorteio da Mega-Sena, desta semana que terão três, mais uma vez, voltou acumular, devido a falta de acertadores no prêmio principal. O sort...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions