ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  06    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Heroína dos quadrinhos é levada para o Iphone

Por Redação | 18/10/2009 09:11

Quando Ana Recalde lia, às escondidas, as revistas da coleção de seu pai, ninguém imaginava que ela, um dia, se tornaria uma escritora de histórias em quadrinhos. Hoje, aos 27 anos, é uma das poucas mulheres que fazem isso. Escreve para a Patre Primordium, revista que criou, junto com o diretor de arte Fred Hildebrand. Ana acumula as funções de editora, roteirista, distribuidora e "marketeira". E ele é responsável por todos os desenhos dos personagens. Ela também participa do desenvolvimento do aplicativo para Iphone, ferramenta que possibilita o envio e leitura de histórias em quadrinhos pelo aparelho.

A história de Ana começa em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, onde nasceu e foi criada. Aos 15 anos, já apresentava um programa de televisão para adolescentes na cidade. Aos 18 anos, morou em Londres e, quando voltou ao Brasil, chegou determinada a colocar sua ideia em prática. Estava entusiasmada pelo contato que teve com tantos filmes e quadrinhos fantásticos