A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/04/2011 11:49

Antes opção ao Morenão, Jacques da Luz surge como estrutura ideal para times

Fabiano Arruda

Dirigentes consideram que custos do estádio são mais viáveis que o Morenão

Jacques da Luz recebe Comerário neste domingo com segurança reforçada. (Foto: Simão Nogueira)Jacques da Luz recebe Comerário neste domingo com segurança reforçada. (Foto: Simão Nogueira)

O estádio Jacques da Luz, palco do Comerário neste domingo pela oitava rodada do Campeonato Estadual, foi liberado mês passado para sediar partidas em Campo Grande e já é visto com bons olhos por dirigentes dos clubes da Capital.

Antes tido apenas como alternativa ao Morenão, o Jacques da Luz, que fica nas Moreninhas, agora surge como estrutura mais viável para os times da Capital mandarem seus jogos na competição.

Com capacidade para receber 5 mil torcedores (recebe apenas 3,5 mil para preservar a segurança), contra os 45 mil do Morenão, o estádio demonstrou se encaixar como luva à média de público do Campeonato Estadual, que, dificilmente, passa dos 500 torcedores.

A reclamação dos dirigentes é que os custos administrativos são inviáveis para os clubes mandarem seus jogos no Morenão. Além disso, o gramado do maior estádio de Mato Grosso do Sul não está nas melhores condições, pois ficou danificado após sediar shows no mês passado.

No Comerário deste domingo, por exemplo, a torcida do Operário ficou de um lado do Estádio e a do Colorado de outra, ação que minimiza o risco de conflitos. O policiamento também estava reforçado, com presença de militares do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Cigcoe.

A estrutura foi ressaltada nesta manhã. Banheiros químicos foram dispostos para os torcedores.

Torcida do Comercial ficou de um lado do Estádio...Torcida do Comercial ficou de um lado do Estádio...
E a do Operário de outra, ação que minimiza o risco de conflitos.E a do Operário de outra, ação que minimiza o risco de conflitos.

A única reclamação mais visível está no fato do estádio não oferecer água potável para o público.

O Jacques da Luz é administrado pela Prefeitura, por meio da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), desde 2007, e pode atender times como Comercial, Operário e MS Saad, que estão na primeira divisão do Sul-Mato-Grossense, bem como Campo Grande e União, equipes que disputam a Segundona do Estadual.

“Agora, os clubes de Campo Grande, finalmente, têm um campo para o mando dos jogos e não precisamos mais nos deslocar para outros municípios, criando custos onerosos e desnecessários com viagens e hospedagem. Não há nada melhor para um time do que jogar em casa, para a sua torcida”, declarou o presidente do Operário, Toni Vieira, segundo informações da assessoria Funesp.

“O Morenão é considerado o templo do futebol, mas, há tempos, não oferece a infra-estrutura mínima necessária, como vestiários e, até mesmo, banheiros em condições de uso”, criticou o dirigente do Galo.

O presidente do MS Saad, Romeu Carvalho de Castro, destacou a importância dos clubes de Campo Grande poderem mandar os jogos no estádio.

“O mando das partidas no Jacques da Luz é vital para os clubes da Capital e, por estar localizado em uma área popular e em ascendente crescimento, é importante também para a comunidade, que passa a ter, no evento esportivo, uma opção a mais de lazer aos finais de semana”, pontua, ainda conforme divulgação da Funesp.



Vergonha mesmo é o nosso futebol. tinhamos que ter vergonha desse campeonato, desses estadios; desses dirigentes que estao empatando nosso futebol a anos.
Até os campeonatos amadores sao melhores e mais organizados. sem falar que nossa arrecadaçao é montruosa e acredito eu que o estado deva passar verbas para o esporte, mas onde é destribuida no nosso futebol; rsrsrs
 
erik antonio em 25/04/2011 09:03:30
essse estádio Jacques da Luz é acanhado, pequeno e feio. Além de ser longe do centro.
Parece que reformar o morenão e deixá-lo com as mínimas condições de uso(respeitando o estatuto do torcedor) é algo mais improvável do que chover dinheiro.
Tirem logo o Morenão da ufms. vai virar um esqueleto de estádio sem nenhuma condição de uso.
 
Willian Fox em 25/04/2011 08:02:57
Pela primeira vez fui a um jogo no Estádio Jacques da Luz na quinta feira assistir o jogo entre Operário x Saad.
Para o futebol jogado aqui na capital e pela quantidade de publico, o estádio é ideal.
Mas fico aqui pensando com meus botões... porque nas Moreninhas?
Veja que eu moro na saída de Cuiabá... só sendo doente por futebol pra fazer uma peregrinação de moto dessas para ir a um jogo do estadual. Eu disse D-O-E-N-T-E...
Fica aqui minha indignação, não pelo não uso do Morenão, mas sim pelos que quando destruíram o Elias Gadia e o Belmar Fidalgo para transformar em "Praças Esportivas" (que hoje atende somente jogos de gente envolvida com a política da prefeitura) mataram definitivamente o futebol profissional da cidade.
 
Antônio Marcos Alencar em 25/04/2011 07:41:08
Se os dirigentes do nosso futebol acham mesmo que o Estádio das Moreninhas é tão bom assim, explica-se o porque da indigência do nosso futebol. Aquilo é uma homenagem a tudo que NÃO DEVE SER FEITO num Estádio de Futebol. 1) O campo de jogo é pequeno e irregular apesar da imensa area desabitada do local. 2) Os vestiários são acanhados, impróprios e mal localizados, recolhendo na mesma entrada arbitros e as equipes em disputa (além do que, quando abertos, o acesso de um lado para outro das arquibancada é impedido). Com todos os riscos decorrentes. 3) Os banheiros são insuficientes e localizados num canto do Estádio, obrigando quem está do outro lado a um longo percurso (agora estão interditados ???). 4) O nivel das arquibancadas é impróprio pois qualquer obstáculo (banco de reservas, faixas e cartazes nos alambrados, etc. impedem a visão do jogo para quem está nos primeiros lances. 5) Os bancos de reservas não tem proteção nas costas nem cobertura. E tem muitos outros.
 
Ari Vargas Leal em 24/04/2011 11:16:52
Parabéns pela decisao.O estadio Morenao é uma vergonha para o povo de MS.Nem placar tem.No jogo Comercial e Vasco tinha carioca assutado com a falta de infraestrutura de um estadio localizado numa capital.O parque Jaques da Luz nas Moreninhas tem infinitamente melhores condicoes de uso..Além do que a Moreninha é uma cidade satélite com infra-estrutura invejável a muitas cidades do interior de MS.
 
Edgar em 24/04/2011 08:37:17
PARABÉNS PARA O PRESIDENTE DO GALO PELA ORGANIZAÇÃO DO COMERÁRIO, MESMO SEM PODER PÚBLICO POR TRÁS DEU UM SHOW DE SEGURAÇA.
 
João Luiz Neto em 24/04/2011 05:28:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions