A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/09/2016 11:10

Após ouro olímpico, Serginho se despede de Seleção com vitória e festa

Leonardo Rocha
A despedida de Serginho teve a presença de 40 mil pessoas em Brasília (Foto: Jornal O Estado de SP)A despedida de Serginho teve a presença de 40 mil pessoas em Brasília (Foto: Jornal O Estado de SP)

Após o ouro olímpico, na grande final contra a Itália, no Rio de Janeiro, a Seleção Brasileira de vôlei voltou a jogar neste final de semana, em dois amistosos contra Portugal. Entretanto desta vez as partidas foram apenas de comemoração e despedida do líbero Serginho, que conquistou quatro medalhas, duas de ouro e duas de prata, na sua trajetória com a verde-amarela.

Com 40 anos, Serginho conquistou seu primeiro ouro na Olimpíadas de Atenas, com a equipe já sob o comando do técnico Bernardinho. Depois esteve na prata em Pequim, e outro segundo lugar em Londres, em 2012. Já tinha decidido por sua aposentadoria na seleção, mas voltou atrás para jogar em casa, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O Brasil começou sua trajetória no torneio com altos e baixos, já que depois de duas vitórias (México e Canadá), teve duas derrotas para Estados Unidos e Itália. Com chances de ser eliminado na 1° fase, fez uma partida decisiva contra a França e venceu, ficando na quarta colocação do grupo. Depois foi um festival de vitória sobre Argentina, Rússia e Itália.

Além dos títulos olímpicos, Serginho conquistou torneios mundiais e muitas ligas (mundiais) junto com o Brasil, deixando a Seleção e seguindo apenas por seu clube. Nas partidas de despedida, foram escolhidos dois palcos do futebol, levando uma multidão para Arena da Baixada, em Curitiba no sábado (03) e terminado hoje (04), com um jogo em Brasília, no estádio Mané Garrincha.

A última partida foi marcada pelo clima de festa e interação com a torcida, na vitória por 3 sets a 1 contra Portugal, diante de 40 mil torcedores. O último ponto foi feito por um saque do líbero, que teve a ajuda até da arbitragem e dos adversários. Serginho errou o saque, mas pode voltar, enquanto que os portugueses sequer foram na bola, para fechar o confronto com chave de ouro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions