A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/12/2013 17:32

Aquidauanense treina com dois grupos e se espelha no Luverdense para brilhar

Helton Verão
Grupo do Azulão se divide com os meninos do Sub20 (foto) e dos profissionais, depois o grupo irá ser um só (Foto: Gazeta MS)Grupo do Azulão se divide com os meninos do Sub20 (foto) e dos profissionais, depois o grupo irá ser um só (Foto: Gazeta MS)

O Aquidauanense Futebol Clube tem a rotina mais incomum entre os 14 clubes da Série A, do Campeonato Sul-Mato-Grossense. Afinal o clube está dividido em dois grupos, os dos jovens, que irão disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior e os profissionais que disputam a temporada 2014. Apesar de um dos menores orçamentos do Estado, o Azulão promete voos mais altos, tendo como espelho o Luverdense, do vizinho Mato Grosso.

As semelhanças com o alviverde do Estado vizinho param apenas nas meras coincidências, como times do interior e cidades pacatas. “Serviu de exemplo, até porque está próximo daqui tanto na distância, como nos números. A TV de lá já repassa uma boa cota para os clubes pelas transmissões, algo que vai começar ainda acontecer aqui”, compara Mauro.

No comando Aquidauanense para 2014, o bom e velho conhecido da torcida, Mauro Marino, que chegará ao 4º ano consecutivo da equipe. E se vê pronto para qualquer desafio, após ter dois grupos com focos diferentes para treinar. “Estamos trabalhando com dois preparadores físicos, dois de goleiro e o meu auxiliar, tudo para dar conta da demanda. Estamos com o grupo do sub-19 desde o início de novembro e os profissionais iniciaram os trabalhos agora em dezembro. Bom sei que após isso vou poder trabalhar onde for que sei que vou dar conta”, comenta Marino.

A diretoria do Azulão não tem vergonha de esconder o quanto pretende gastar com sua folha salarial, tanto que ficou em último no ranking dos gastos feito pelo Campo Grande News. “Futebol se fala muito em dinheiro, mas não é tudo. Quando se vai montar um elenco, hoje infelizmente não temos como fugir dos jogadores de empresários. É um mal necessário”, argumenta Mauro.

Grupo da Copinha – O grupo dos jovens sub-20, conta com 21 jogadores, Mauro se mostra otimista, já que não perderam nenhum coletivo e ainda botou pressão no profissional do Novoperário, em amistoso disputado no último dia 23 no estádio Noroeste. “Viemos invictos nos coletivos e no amistoso botamos pressão, com maior posse de bola e três bolas na trave. Então é pra ficar otimista. Esta será a equipe mais forte da Copinha que já montamos”, avalia Marino.

O meninos viajam no próximo dia 1º, às 18 horas, para Bauru, onde voltam a ter pela frente o Flamengo. No ano passado, a equipe sul-mato-grossense encarou os cariocas em um jogo duríssimo que terminou empatado em 0 a 0, logo na estreia da competição. Neste ano, o Azulão da Princesa ainda pega o Noroeste, no dia 3, o rubro-negro e o Santo André, nos dias 6 e 9.

No sábado está previsto um amistoso do grupo que vai à Copinha contra o Guaicurus, no estádio Noroeste.

Profissional – Para o Estadual já estão contratados 13 jogadores. O grupo será complementado com pelo menos 14 jogadores desse grupo da Copa São Paulo. “Vamos aproveitar os melhores e claro já contamos com a margem de contratações que vamos perder, em razão da vitrine”, revela Mauro.

Chegam ao clube ainda hoje o zagueiro Rafael, que tem passagens por Londrina, Paulista, e clubes em Dubai. E também o atacante Vinicius, que estava atuando pelo Bangu.

Estreia - O Azulão estreia no Estadual contra o recém promovido Costa Rica, no sábado (18), às 16 horas, no estádio Noroeste.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions