A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/08/2011 19:42

Atlético-GO vence de virada por 2 a 1 o América-MG

Vinícius Squinelo

No dia em que completou a partida de número 250 em 14 participações do Campeonato Brasileiro, o América-MG não teve o que comemorar. O time mineiro, que chegou a ficar à frente no placar, não suportou a pressão do Atlético-GO e acabou perdendo, de virada: 2 a 1, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, partida válida pela 19ª rodada do Brasileirão. Apenas 1256 torcedores acompanharam mais uma derrota americana. William Rocha abriu o placar; Diogo Campos e Anderson viraram a partida para os goianos.

Com o resultado, o Coelho continua na lanterna – apenas 13 pontos conquistados. Na próxima quinta-feira enfrenta o Bahia, no Pituaçu. Já o Atlético-GO, que venceu a quarta partida seguida - pela primeira vez no Brasileirão - e subiu uma posição na tabela (é o 11º colocado, com 25 pontos) joga um dia antes, quando recebe o Coritiba.

O América-MG começou em cima, exercendo com propriedade o mando de campo, criando pelas laterais, cada hora uma. O Atlético-GO estava mais fechado, esperando sair nos contra-ataques. O time da casa quase abriu o placar com Thiago Carleto, aos nove minutos, que resolveu arriscar de fora da área e chutou forte, exigindo uma boa defesa do goleiro. A bola rebatida sobrou para Kempes, que foi desarmado antes de concluir. O América-MG tentava sair na frente, mas encontrava um time marcando de perto seus principais jogos.

Aproveitando que o Atlético-GO dava espaços, o time da casa continuava em cima e tinha praticamente todo domínio do jogo até os 20 minutos, começou a sentir a pressão do adversário. O time da casa passou a apresentar falhas no setor defensivo e o Atlético-GO se aproveitou, equilibrando o jogo.

A primeira boa chance do visitante foi aos 21. A zaga do América-MG permitiu a chegada em velocidade do Atlético-GO. Juninho recebeu a bola pelo lado esquerdo da área, avançou e chutou. Neneca se esticou para evitar o gol.

Mas o time mineiro procurou logo retomar o domínio e abriu o placar aos 27 minutos: Marcos Rocha cruzou para a área e o zagueiro William Rocha mandou de cabeça para o fundo do gol. A bola passou por entre as pernas do goleiro Márcio! Gol duplamente comemorado, já que retirava, naquele momento, o Coelho da lanterna do Brasileirão.

E o América-MG teve outras chances de ampliar o placar, como no chute forte de Carleto aos 34. No finalzinho do primeiro tempo, uma outra boa chance perdida: Carleto apareceu na intermediária e chutou forte, de perna esquerda, mas Márcio fez a defesa.

O Atlético-GO começou em cima o segundo tempo. Tanto é que o goleiro Márcio foi para a área adversário tentar empatar a partida em cobrança de falta. O América-MG sentiu a pressão e recuou, na tentativa de afastar o perigo. Aos 11 minutos, o chute de fora da área de Juninho assustou a torcida americana. E aos 14, a melhor chance dos goianos. William Rocha recuou mal a bola e Anselmo aproveitou para chutar forte e Neneca precisou se esticar para defender.

De tanto pressionar, o Atlético-GO acabou conseguindo empatar a partida aos 24 minutos. Thiago Feltri cruzou para a área e Juninho subiu entre os zagueiros para cabecear para o gol. O América-MG, que já estava acuado, acabou dando mais espaços ao adversário, que virou o jogo aos 31, depois de um bom contra-ataque. Rafael Cruz acionou Juninho pela direita e o atacante entrou em velocidade na área, tocando na saída de Neneca. Gol da virada e da vitória atleticana.

O América-MG ainda tentou, por várias vezes, empatar a partida, mas não conseguiu e acabou vendo o time goiano comemorar, em plena Arena do Jacaré, a quarta vitória seguida na competição.(com informações do Globoesporte)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions