A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

20/11/2018 17:04

Com estrutura de R$ 4,5 milhões, Rally dos Sertões ficará 4 dias em Campo Grande

Largada está marcada para o dia 24 de agosto, 2 dias antes do aniversário do município

Gabriel Neris e Mayara Bueno
Marquinhos Trad, Marcos Moraes e Reinaldo Azambuja na tarde desta terça (Foto: Paulo Francis)Marquinhos Trad, Marcos Moraes e Reinaldo Azambuja na tarde desta terça (Foto: Paulo Francis)

A próxima edição do Rally dos Sertões terá início partindo de Campo Grande no dia 24 de agosto de 2019. Os participantes passarão quatro dias na Capital antes da largada da prova, que entrará nas atividades de comemorações dos 120 anos de aniversário do município, celebrado dois dias depois.

Segundo o diretor-geral da Dunas Race, organizadora da competição, Marcos Moraes, o Rally dos Sertões conta com uma estrutura de R$ 4,5 milhões para que possa passar por 19 municípios.

Campo Grande tomou o lugar de Goiânia na abertura da competição, posto que a capital goiana esteve por 16 anos. As inscrições já estão abertas e custam entre R$ 7 mil e R$ 16 mil para pilotos de carros, motos, UTV e quadriciclo. A expectativa do diferente é de que a prova conte com 240 inscritos, sendo de 8% a 12% estreantes.

O trajeto da prova não é revelado para evitar que os pilotos venham ao Estado treinar, porém Marcos adiantou que os pilotos devem partir em direção a região norte do Estado. Bonito está descartado da rota para o ano que vem. O dirigente disse ainda que a economia da cidade deve movimentar cerca de R$ 250 mil a cada dia.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que Campo Grande foi escolhida por ter estrutura adequada para receber este tipo de prova. “Agora é com eles”, disse em relação à organização. Marquinhos também afirmou que obras ou adequações serão feitas de acordo com a necessidade.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse que quando Campo Grande foi anunciada recebeu a informação com alegria e será importante receber o evento para movimentar diversos setores, entre eles a economia e o turismo. “Principalmente por ser a dois dias de Campo Grande completar 120 anos”, diz.

Reinaldo destacou o fato de Goiânia ter sido sede por 16 anos e que Campo Grande pode tomar o lugar demonstrando organização e também disse que Mato Grosso do Sul tem beleza para ser mostrada. “Este é um dos papeis, além da competição”, completou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions