ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 28º

Esportes

Construção de piscina olímpica no Parque Ayrton Senna custará R$ 6,3 milhões

Serão R$ 6 milhões da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, e R$ 300 mil de contrapartida da prefeitura

Por Gabriel Neris e Fernanda Palheta | 17/12/2019 17:38
Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, aponta para piscina durante visita ao Parque Ayrton Senna (Foto: PMCG/Divulgação)
Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, aponta para piscina durante visita ao Parque Ayrton Senna (Foto: PMCG/Divulgação)

A assinatura de contrato para construção de piscina olímpica, de 50 metros, no Parque Ayrton Senna, no Jardim Aero Rancho, região sul de Campo Grande, deve ocorrer nesta ou na próxima semana, revelou o diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esportes), Rodrigo Terra, nesta segunda-feira (17).

“Será uma piscina de 50 metros, com 10 raias, cobertura, iluminação e arquibancada fixa. Essa piscina vai transformar o Parque Ayrton Senna em parque olímpico”, diz Terra.

Segundo ele, o contrato será de R$ 6,3 milhões, sendo R$ 6 milhões da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, e R$ 300 mil de contrapartida da Prefeitura de Campo Grande.

Terra aponta que após a assinatura do contrato, o Executivo terá prazo máximo de nove meses para a entrega do projeto. “Nós temos a estrutura geral do projeto, de como vai ser, onde vai ser instalada, o que vai ter nela, mas o detalhamento não tem. Então vamos ter que contratar uma empresa ou a Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos) vai fazer o projeto”, disse.

Segundo ele, a partir do momento da entrega do projeto, a prefeitura abrirá licitação. “Não é uma obra para o ano que vem, é uma obra para se iniciar ano que vem. Se tudo ocorrer bem, contando o período de projeto e da licitação, será iniciada no final do ano que vem, para entregar em 2021”, avisa.

Em setembro, Campo Grande recebeu a visita do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que acompanhou a vistoria na pista de atletismo, também no Parque Ayrton Senna. A pista com oito raias será toda emborrachada.

A expectativa é de que a cidade possa receber eventos nacionais e internacionais. De acordo com a Sisep, foram aplicados 6,3 mil metros de lona emborrachada, importada da Alemanha, distribuídas em 126 rolos de 50 metros. A pista deve ser inaugurada em janeiro de 2020.

Nos siga no Google Notícias