A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/04/2010 20:14

Cruzeiro vence o Nacional por 3x1 na Copa Libertadores

Redação

Cobrado pela torcida depois da eliminação nas semifinais do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro conseguiu aliviar um pouco a pressão com uma vitória importante. Com três gols do atacante Thiago Ribeiro ainda no primeiro tempo, o time mineiro venceu o Nacional do Uruguai, por 3 a 1, nesta quinta-feira, no Mineirão, e abriu vantagem no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores.

Na próxima quarta-feira (5), as duas equipes voltam a se enfrentar em Montevidéu, às 21h50 (horário de Brasília), para decidir quem avançará às quartas de final. O classificado enfrentará o vencedor do confronto entre São Paulo e Universitário, que empataram sem gols no primeiro jogo, em Lima, no Peru.

Com o resultado, o Cruzeiro pode perder, em Montevidéu, por um gol de diferença ou até por dois, desde que marque dois ou mais gols na casa do adversário, para se classificar às quartas de final. O Nacional tem de vencer por 2 a 0 ou por placar acima de dois gols de vantagem.

Sem tomar conhecimento do adversário, o Cruzeiro resolveu a partida ainda no primeiro tempo. Em noite inspirada, Thiago Ribeiro marcou três vezes e deixou o adversário desnorteado. Porém, o time mineiro caiu de rendimento na etapa fina e permitiu reação do Nacional, que diminuiu aos 5 minutos com o atacante Regueiro, mas parou por aí.

Com a vitória, o Cruzeiro manteve 100% de aproveitamento na Libertadores atuando em casa. Foi o quinto triunfo celeste no Mineirão pela competição internacional. Antes disso, goleou o Real Potosí, por 7 a 0, na fase preliminar, e, já na etapa de grupos, derrotou Colo-Colo (4 a 1), Deportivo Italia (2 a 0) e Vélez Sarsfield (3 a 0).

Além de manter o bom retrospecto em casa, o Cruzeiro quebrou a invencibilidade do Nacional na Libertadores. O time uruguaio, que terminou em primeiro lugar no grupo 6, classificou-se para as oitavas de final com três vitórias e três empates.

O resultado positivo na Libertadores aliviou a pressão sobre os jogadores e, principalmente, o técnico Adilson Batista, que foi muito cobrado depois de escalar um time misto e o Cruzeiro ser eliminado nas semifinais do Mineiro, ao perder para o Ipatinga por 3 a 1 em pleno Mineirão. Um grupo de torcedores chegou a protestar na Toca da Raposa.

Público de 32.254 pagantes assistiu a partida, que registrou renda de R$ 754 mil.

(Com informações do site UOL)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions