A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/02/2014 15:41

Funesp quer liberar estádio das Moreninhas, mas agora clubes não querem mais

Helton Verão
Estádio esteve sem os laudos durante toda competição, clubes enfrentaram prejuízos de cerca de R$ 4 mil por jogo no Morenão (Foto: Denilson Secreta/ PMCG)Estádio esteve sem os laudos durante toda competição, clubes enfrentaram prejuízos de cerca de R$ 4 mil por jogo no Morenão (Foto: Denilson Secreta/ PMCG)

A diretora-presidente da Fundação Municipal de Esporte, professora Leila Machado está reunida com o presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Francisco Cezario, e dirigentes de clubes da Capital no Parque Jacques da Luz, nas Moreninhas para viabilizar acordo para os clubes não seguirem tomando prejuízo com as partidas no Morenão. O Olho do Furacão também pode ser liberado.

Se o único acordo que acontecer for a liberação do estádio, acontece muito tarde, já que os clubes tem poucos jogos em casa restando para a 1ª fase e a para a segunda fase o interesse já não existe. A emissora detentora dos direitos televisos também não aprovaria as partidas nas Moreninhas. “Vamos participar da reunião, mas só temos mais um jogo em casa. Não interessa para nós. Mas vamos ver se vai existir algum outro tipo de acordo”, ressalta Américo Ferreira, presidente do Novoperário.

O diretor de futebol do Comercial, Sandro Muzzi, cita a mesma situação com o clube colorado e que o clube seguirá mandando seus jogos no Morenão para contar com apoio da torcida. “Pra nós não vai servir para mandar os jogos lá, da segunda fase principalmente, pois contamos com o Morenão”, reforça Muzzi.

O único que se mostrou otimista com a reunião foi o presidente do Cene, José Rodrigues, mas o dirigente tem outro foco, a liberação do Olho do Furacão, no bairro Los Angeles. “Se liberarem os dois, teremos três estádios a disposição e daremos um descanso ao Morenão. Mas vamos ver se acontece algum outro acordo”, comenta Rodrigues.

O vice presidente da FFMS, Marco Antonio Tavares prevê pelo menos uma semana para liberação das Moreninhas. “Um engenheiro vai ver o que falta para ter os laudos. Em uma semana talvez já estará liberado. Os clubes podem economizar muito atuando nas Moreninhas”, ressalta o vice. Tavares afirma que as condições do estádio são boas, precisando de apenas poucos retoques.

Vale lembrar que o Morenão tem as medias de 110m por 75m, enquanto o Jacques da Luz apenas 98m por 68m, diferença considerável para o futebol.



kkkkkkkkkkk
Como sempre, reclaram e hora que apresentaram uma solução pra eles (obviamente não iam correr atras de uma solução né!), descartaram!! Estes dirigentes do futebol são uma piada mesmo!!!
Agora, para quem escreveu a materia: o Morenão não tem 110m, tem no maximo 105m. Não confie em tudo que o Wikipedia te informa.
 
Marcos Augusto Reis em 25/02/2014 22:14:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions