A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/06/2010 19:34

Gol do Atlético-GO no final do 2º tempo vence o Cruzeiro

Redação

No primeiro jogo sem Adilson Batista, que se demitiu, e Kléber, que foi negociado com o Palmeiras, o Cruzeiro foi derrotado pelo lanterna Atlético-GO, por 2 a 1, na noite deste domingo, no estádio Serra Dourada. O time da casa saiu à frente, mas Wellington Paulista, justamente o substituto do Gladiador, igualou o marcador para a equipe, que foi comandada interinamente por Emerson Ávila, ainda no primeiro tempo. Quando a igualdade parecia definitiva, Pedro Paulo, ao 39 minutos da etapa final, fez o gol do triunfo atleticano.

Coordenador técnico do Cruzeiro, o treinador interino cumpriu o que havia afirmado e mudou pouco em relação ao time que vinha sendo escalado por Adilson Batista. Fabinho entrou na vaga de Marquinhos Paraná, poupado por cansaço muscular e que nem viajou a Goiânia, e o meia Roger, que começou jogando. Além disso, Leonardo Silva e Wellington Paulista voltaram ao time, depois de cumprirem suspensão automática.

Com os jogos de sábado e domingo, o Cruzeiro entrou no Serra Dourada em condições de chegar ao G-4, desde que goleasse o Atlético-GO, por cinco gols de diferença, para superar o Santos, que havia batido o Vasco, por 4 a 0. Não conseguiu nem mesmo o triunfo simples, que seria suficiente para deixá-lo na quinta posição, durante a pausa do Brasileirão para a disputa da Copa do Mundo da África do Sul.

Pior ainda é que foi derrotado no final e deixou de ficar também na sétima colocação, por não ter somado nem um ponto, caindo para o 11º lugar, com nove pontos. Na base da determinação, o time do Atlético-GO conseguiu comemorar o seu primeiro triunfo, na sétima rodada da competição nacional, apesar de ter atuado com desfalques.

Lanterna da competição e sem chances de deixar essa posição, antes da volta do Brasileiro, após o Mundial, mesmo com a vitória sobre o Cruzeiro, o Atlético-GO chegou a quatro pontos, ficando a um do Vasco, o penúltimo colocado. Apesar dos dois gols marcados, a equipe do técnico Geninho permanece também como a de pior ataque, ao lado do time vascaíno, com apenas cinco.

Um público de 3.419 pagantes compareceu ao Serra Dourada, que registrou renda de R$ 52.610.

(Com informações do site UOL)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions