A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/02/2011 20:01

Jornal apresenta “vida nova” do Naviraiense 11 meses após trauma de 2010

Marcio Breda
Time se superou e amadureceu após derrota ano passado para o Santos, afirma reportagem do LanceTime se superou e amadureceu após derrota ano passado para o Santos, afirma reportagem do Lance

O Jornal Lance!, que acompanhou ano passado a trajetória do Naviraiense durante a disputa da Copa do Brasil e a fatídica noite em que o time perdeu por 10 a 0 do Santos na Vila Belmiro, novamente acompanha o elenco na competição e apresenta um clube renovado e mais maduro.

Em reportagem publicada hoje (16), o jornal apresenta o dia a dia do clube, os novos jogadores e o rumo tomado pelo elenco do ano passado. Mesmo após a desclassificação da Copa do Brasil, a matéria mostra os avanços no time que tem apenas cinco anos, como a conquista do vice-campeonato estadual ano passado.

Confira a reportagem do Lance!:

Era a noite de 10 de março de 2010. Depois de segurar o Santos no primeiro jogo na Copa do Brasil – perdeu só por 1 a 0 –, a expectativa do Naviraiense (MS) era fazer uma apresentação digna na Vila Belmiro. Mas o time de Ganso, Robinho & Neymar não teve piedade: 10 a 0, a maior goleada da competição.

O tempo passou. Onze meses depois o time volta à Copa do Brasil e entra em campo nesta quarta-feira, às 21h (horário de Brasília), contra o Santo André, no Estádio Virotão, em Naviraí.

Muita coisa mudou no Naviraiense dos 10 a 0. Do time titular goleado pelos Meninos da Vila, nenhum remanescente. O goleiro Aldo – que levou os dez gols – foi parar no rival Comercial, junto com alguns companheiros. Outros tiveram menos sorte: o volante Jean Carlos morreu afogado, ao tentar atravessar, a nado, um rio da cidade de Três Lagoas (MS).

Só quatro ficaram para 2011. O volante Fábio Buru, maestro da equipe no primeiro jogo contra o Santos, é um deles. Mas o jogador também viveu seu drama. Fraturou a fíbula antes dos 10 a 0 e chegou a se aposentar. Mas se recuperou, está de volta e é o “astro“ do novo Naviraiense, como lembra o presidente Ronaldo Botelho.

– Temos um orçamento modesto (folha salarial de R$ 35 mil), mas montamos um novo grupo e queremos buscar o segundo jogo em São Paulo – disse o presidente ao LNET!, enquanto participava de um mutirão para concluir a nova arquibancada do estádio para o jogo de hoje. – Estou aqui com a mão na enxada.

Lado bom da goleada - Para o mandatário do jovem clube, que tem cinco anos de existência, a goleada teve um lado bom: – Para nós já foi um feito grande jogar na Vila Belmiro. Aquele jogo serviu como promoção para o clube, que é de uma cidade de pequena, com 45 mil habitantes. Se o placar fosse 3 a 0, o Naviraiense nunca teria sido lembrado.

Mas nem só de goleada viveu o Naviraiense em 2010. Aquele mesmo time massacrado pelo Santos foi vice-campeão estadual e garantiu o retorno à Copa do Brasil. Será que a versão 2011 do Naviraiense aproveitará o embalo e fará bonito na segunda participação do clube no torneio?

Que fim levou?

Aldo - O goleiro foi a principal vítima do Santos. Hoje defende o Comercial (MS), um dos maiores rivais do Naviraiense.

Giordan - Lataral-direito, foi uma avenida no 10 a 0. Também está no Comercial.

Célio Lima - Foi contratado pelo Brasiliense este ano. Só olhou de perto o show santista.

Jaime - Era reserva, mas foi titular nos jogos contra o Santos. Está no Paranavaí.

Adriano Lages - Foi dispensado e está sem clube.

Jacó Pitbull - Expulso na primeira etapa (estava 4 a 0). Está no Urso do Mundo Novo (MS).

Jean Carlos - Morreu afogado em 11/9 ao tentar atravessar um rio a nado.

Mailson - Passou pelo Bonsucesso (RJ) e hoje defende o Urso de Mundo Novo (MS)

Marcelo Castelli - Outro que está no Urso.

Cristiano - Defende o Itaporã (MS). Recentemente, foi afastado por indisciplina.

Tom - Defende o Crato (CE).

Clécio - Entrou no intervalo do 10 a 0, está no Comercial.

Danilo Boi - Entrou na etapa final. Está sem clube.

Jean Batatais - Entrou no segundo tempo e foi expulso. Hoje defende o Corumbaense (MS).

Técnico Paulo Resende - Ficou no time até o fim do estadual. Hoje comanda o Corumbaense (MS).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions