A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

05/06/2010 11:42

Jovens levam animação e torcida ao brasileiro de Karatê

Redação

Com idades entre 14 e 18 anos, 380 atletas de 18 federações estaduais iniciaram hoje (5 de junho) as disputas no Campeonato Brasileiro de Karatê Oficial. A disputa acontece só dentro do tatame. Fora dele, música, bate papo e animação integram jovens de diferentes partes do Brasil.

Enquanto as garotas treinam para o Kata (simulação de combate que faz parte da competição e avalia a técnica do karateca), os garotos se aquecem para a primeira rodada do Kumitê, combates diretos, mas com regras que impedem o contato direto.

Sério mesmo só está quem está dentro da quadra do ginásio. Nas arquibancadas, as federações disputam no grito a animação.

Com experiência em 2 sul-americanos, Pedro Henrique Cassaru, de 18 anos, se prepara para a luta. Competindo pela Federação de karatê do Espírito Santo, espera o vencedor de um combate entre atletas de Minas Gerais e São Paulo para saber quem irá encarar no chaveamento de lutas.

"O legal mesmo é o combate. A gente tem que começar a luta estudando o adversário. Tem atleta que é melhor de ataque, outro que é melhor de defesa. Aí quando você conhece o oponente cria a sua tática junto com o técnico", explica.

Pâmela Silvério Pissa, de 18 anos, é de Franca, São Paulo e treina para o Kata. Este é o terceiro brasileiro do qual participa. "Não consegui classificação para o Kumitê, mas vou me esforçar para conseguir boa classificação", explica.

As competições acontecem nas categorias Juvenil e Júnior e são divididas por faixa e peso. Os dois melhores classificados em cada uma delas garante passaporte para o Sul-Americano, que acontece na Venezuela.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions