A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/08/2013 22:04

Juninho desperdiça pênalti e Vasco empata com Ponte

Vinicius Squinelo

O Vasco desperdiçou o fato de atuar em São Januário pela primeira vez neste Campeonato Brasileiro. Após as vitórias sobre Portuguesa e Criciúma, o time contou com um erro de Juninho em cobrança de pênalti e apenas empatou com a Ponte Preta por 1 a 1, nesta quinta-feira, em seu estádio. André e William marcaram os gols do confronto. Com o resultado, os comandados de Dorival Júnior completaram três jogos sem triunfos na competição nacional.

O Vasco buscou fazer valer o mando de campo logo no início da partida. Comandado por Juninho, o time chegou perto de abrir o placar aos 7min. O camisa 8 colocou Yotún em boa condição. O lateral bateu por cima do gol de Roberto. Mas foi pouco para o que o torcedor esperava.

Os comandados de Dorival Júnior tinham dificuldades para chegar ao ataque e dependiam do talento de Juninho. Uma alternativa encontrada foi a velocidade de Eder Luis pelo lado direito. A Ponte Preta oferecia resistência defensiva e dificultava ainda mais o trabalho do Cruzmaltino. Os seguidos erros de passes passaram a irritar bastante os torcedores.

Aos 31min, o Vasco conseguiu trocar passes e chegar ao gol de Roberto. Após tabela com Eder Luis, André finalizou por cima da baliza. Aos 36min, a melhor oportunidade do time da casa no primeiro tempo. Eder Luis foi derrubado na área e sofreu pênalti. Juninho cobrou no canto direito e Roberto defendeu em dois tempos.

Pelo lado da Ponte Preta, Ramirez e Chiquinho eram os mais insinuantes. A dupla usava de velocidade para surpreender a defesa vascaína. E os visitantes não marcaram por pouco aos 40min. Chiquinho levantou na área, mas William acertou o travessão. Na sequência, a defesa afastou o perigo.

O primeiro tempo terminou com vaias da torcida e críticas ao desempenho do Vasco. O lateral direito Nei era um dos mais vaiados e foi xingado pelos torcedores ao descer para o vestiário. O Cruzmaltino voltou para o segundo tempo com Fagner e Robinho nos lugares de Nei e Fillipe Soutto, respectivamente.

Apesar dos erros, o dono da casa conseguiu o esperado gol. Aos 11min, Yotún levantou na área. André subiu e escorou de cabeça para festa da torcida. Quatro minutos depois, Eder Luis por muito pouco não ampliou. O Vasco melhorou consideravelmente na partida e passou a criar seguidas oportunidades.

A velocidade de Eder Luis ajudou na confecção dos lances. Veloz, o time oferecia perigo, porém, deixava o sistema defensivo exposto. A Ponte Preta soube usar a falha do adversário e assegurou o empate no final do jogo. Aos 39min, William aproveitou desvio de Uendel e deu números finais ao placar. (com informações do Uol)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions