ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 25º

Esportes

Mais de 20 anos depois, Rali de Bonito volta com obstáculos radicais

A última edição foi realizada na década de 90, no Rio Formoso

Por Gabrielle Tavares | 13/05/2022 14:38
Competição de canoagem será realizada no domingo (15). (Foto: Divulgação/Fundesporte)
Competição de canoagem será realizada no domingo (15). (Foto: Divulgação/Fundesporte)

Mais de duas décadas após a última edição, o Rali de Bonito voltará neste fim de semana (15), às 9h, no Hotel-Fazenda Cachoeira ao Porto da Ilha. O percurso de 6 km conta com quatro cachoeiras e será disputado por equipes de três atletas.

O evento foi realizado pela primeira vez em outubro de 1989 e durante a década de 90, ganhou destaque nacional. Com a repercussão na mídia para as belezas naturais do Estado, a disputa ajudou a alavancar o ecoturismo na região da Serra da Bodoquena. Contudo, a competição rendeu apenas cinco edições.

O presidente da CBCa (Confederação Brasileira de Canoagem) e ex-presidente da federação de Mato Grosso do Sul, Rafael Girotto, explicou que a meta é tornar o Rali de Bonito novamente uma prova nacional, como forma de fortalecer e popularizar a canoagem do Estado.

Largada será no Hotel-Fazenda Cachoeira ao Porto da Ilha. (Foto: Divulgação/Fundesporte)
Largada será no Hotel-Fazenda Cachoeira ao Porto da Ilha. (Foto: Divulgação/Fundesporte)

“Estamos resgatando a prova, com uma disputa aberta, sem contar ponto para o ranking, e estamos trabalhando para difundir mais a canoagem do Estado, que é forte, mas pouco praticada, envolvendo apenas oito dos 79 municípios.”, afirmou.

Um dos principais atletas de canoagem no Estado, Eurípedes Pinho, 50, participou com destaque das edições anteriores do rali e competirá novamente neste ano.

Percurso de canoagem vai ter quatro cachoeiras. (Foto: Divulgação/Fundesporte)
Percurso de canoagem vai ter quatro cachoeiras. (Foto: Divulgação/Fundesporte)

“O rali volta sem a dimensão do que foi no passado, mas se tornará, com certeza, em nível nacional a partir de 2023”, aposta o bonitense. Ele venceu a primeira prova do Campeonato Estadual, disputada em março, em Campo Grande.

O evento tem apoio do governo do Estado, por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer), Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) e prefeitura de Bonito.

Nos siga no Google Notícias