A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/07/2012 19:13

Mesa-tenistas de MS se preparam para Copa Brasil em Maringá

Gabriel Neris

Mato Grosso do Sul será representando por 12 atletas na Copa Brasil de tênis de mesa que acontece entre os dias 2 e 5 de agosto.

Bruna e Henrique são esperanças de medalhas para MS na Copa Brasil (Foto: Gabriel Neris)Bruna e Henrique são esperanças de medalhas para MS na Copa Brasil (Foto: Gabriel Neris)

Mato Grosso do Sul será representando por 12 atletas na Copa Brasil de tênis de mesa que acontece entre os dias 2 e 5 de agosto, em Maringá (PR). A expectativa dos treinadores é que o estado conquiste bons resultados na competição nacional.

Gabriel Ota, de 20 anos de idade, é o diretor técnico da Associação Okinawa de Campo Grande, que contará com seis atletas na competição. Ele também dividirá a função de treinador e jogador na competição.

Ota explica que para se preparar para a competição, os atletas estão treinando entre cinco e seis vezes por semana. Segundo ele, chegando perto dos jogos, à ordem é “soltar o braço”. “É uma hora e meia de treinos. Eles treinam jogadas ensaiadas e regularidade, como movimentação de perna”, conta o treinador.

De acordo com o treinador, para fazer uma boa apresentação às jogadas são treinadas exaustivamente. “É pura repetição”.

Entre os destaques da Associação Okinawa estão Henrique Havashi, 12, e Bruna Cruz, 19. O adolescente subiu de categoria neste ano e disputará o torneio pelo mirim depois de três anos praticando o tênis de mesa.

“Acho que posso conseguir o título. Tenho que treinar bastante, mas os adversários são difíceis”, diz Henrique, vice-campeão Brasileiro pelo pré-mirim e vice-campeão Intercolonial.

Bruna Cruz acumula os títulos de tricampeã estadual, campeã da Copa Campo Grande, e vice do Brasileiro de 2010. “Estou confiante, concentrada pra trazer medalhas. A torcida aqui é muito grande, e com torcida a favor poderemos ir bem”, comenta.

Além de Bruna e Henrique, a Associação Okinawa também contará com Igor Wust, 15, Fabiana Idiê, 15, e Paula Tervia, 16.

Motivação - Para complementar a preparação dos atletas, a associação conta com a palestra do ex-jogador Marcos Yamada. Com 25 campeonatos mundiais na carreira, atualmente Yamada é diretor técnico da Itaim Keiko, clube especializado em tênis de mesa de São Paulo.

O técnico está em Campo Grande para conversar com os jogadores antes da competição. “Tenho acompanhado a evolução do esporte elevado novidades para 27 estados. O importante para esta geração é a convivência”, destaca Yamada.

“Em todo esse tempo a técnica mudou, a bolinha, as regras. A bola hoje chega a 150 quilômetros por hora. Todo esporte evolui. Quando falta informação, não faz evoluir. O Brasil não tem cultura no tênis de mesa, temos que apostar nos jovens”, complementa o treinador, que passou por Ponta Porã nesta semana para ministrar a clínica para os atletas.

MS volta de Seletiva Sub-18 em RS com 3 medalhas de ouro e uma de prata
Os judocas de Mato Grosso do Sul que foram para Porto Alegre (RS) disputar a Seletiva Nacional Sub-18, competição que vale para o ranking de 2018, vo...
Sul-mato-grossenses conquistam medalhas no Brasileiro e Torneio Open
Dois nadadores sul-mato-grossenses conquistaram várias medalhas no Campeonato Brasileiro Senior de Natação e do Torneio Open CBDA - Correios, disputa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions