A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/06/2010 16:37

No 4º tropeço seguido, Atlético-MG perde para o Ceará

Redação

No último jogo disputado no Mineirão, que passará por reforma visando a Copa do Mundo de 2014, o Atlético-MG decepcionou mais uma vez o seu torcedor, ao perder por 1 a 0 para o Ceará na tarde deste domingo. Foi a quarta derrota consecutiva do time de Vanderlei Luxemburgo que fica na zona de rebaixamento durante a parada para o Mundial da África do Sul, com seis pontos. Já o Ceará segue invicto no Brasileirão, obteve sua quinta vitória e chegou aos 17 pontos.

O gol de empate do Corinthians, aos 47 minutos do segundo tempo, contra o Botafogo, impediu o time cearense de comemorar a liderança. A equipe de Paulo César Gusmão fica na vice-liderança, com os mesmos 17 pontos que o clube paulista, mas com um gol de saldo a menos: sete a seis. Na volta do Brasileirão, em 14 de julho, no Castelão, Ceará e Corinthians jogarão pela liderança.

Surpresa da 'primeira fase' do Campeonato Brasileiro, o Ceará completou cinco jogos sem sofrer gols, confirmando o fato de ter a melhor defesa entre os 20 participantes, com apenas um gol sofrido. Além disso, o time cearense conseguiu o seu primeiro triunfo como visitante, já que vinha de dois empates nas suas duas partidas fora de casa.

A derrota atleticana esvaziou a festa programada para depois do jogo, quando todas as luzes do Mineirão foram apagadas e um intenso foguetório coloriu os céus da região da Pampulha. Mas os torcedores do time alvinegro mineiro deixaram o estádio, em meio ao espetáculo pirotécnico, abalado com a derrota.

Foi a primeira derrota do Atlético-MG para o Ceará, em Belo Horizonte, na história desse confronto e foi a segunda vez seguida que o time atleticano perdeu no Mineirão, depois de um bom início como mandante, com vitória sobre Vasco (2 a 1) e Atlético-PR (3 a 1). No domingo passado, o time atleticano levou de 3 a 1 do Fluminense, no estádio da Pampulha.

Um clima de nostalgia tomou conta dos torcedores que compareceram ao Mineirão para acompanhar o último jogo da fase antiga do chamado "Gigante da Pampulha". A homenagem ao ex-atacante Marques, antes de a bola rolar, quando ele recebeu placa e pôs seus pés na caçada da fama do Mineirão, contribuiu com o ambiente festivo.

Enquanto os visitantes comemoravam o resultado, abraçando-se em campo, a torcida atleticana vaiava e gritava, em coro, nomes de jogadores dispensados, como os volantes Jonílson e Correa.

(Com informações do site UOL)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions