A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/11/2013 23:17

Palmeiras desembarca “escondido” e frustra torcedores no aeroporto

Vinícius Squinelo e Helton Verão
Ônibus passou direto por torcedores (foto: Helton Verão)Ônibus passou direto por torcedores (foto: Helton Verão)

Cerca de 100 torcedores foram receber o Palmeiras no desembarque no Aeroporto Internacional de Campo Grande e acabaram frustrados, além de bem molhados. A delegação do time paulista não passou pelo saguão, e saiu pela lateral da pista de pouso, sem nenhum contato com os sul-mato-grossenses.

“É muito ruim isso, muito triste”, lamentou o açougueiro Celso Freitas. Ele e um amigo vieram de Terenos em uma motocicleta, e ainda por cima encarando a chuva que cai no Estado nesta quinta-feira (21). O Palmeiras enfrenta o Ceará no sábado (23) no Estádio Morenão, às 16h20.

Os torcedores primeiro se reuniram no saguão do aeroporto, mas com a notícia de que poderiam “interceptar” a delegação palmeirense, depois foram para a parte externa, tentando qualquer contato com o time. Não conseguiram, e ainda acabaram voltando molhados para casa.

Eles não esconderam a decepção, mas não deixaram de cantar em nenhum momento o hino e gritos enaltecendo a nação palmeirense.

Palmeirenses esperaram na chuva (foto: João Garrigó)Palmeirenses esperaram na chuva (foto: João Garrigó)
Maria, 53 anos, reclamou de falta de atenção dos atletas (foto: Helton Verão)Maria, 53 anos, reclamou de falta de atenção dos atletas (foto: Helton Verão)

“Não entendo isso, é normal quando pessoa famosa chega ao aeroporto e passa pelo povão, só aqui em Campo Grande que isso não acontece, reclamou Maria Antônia, 53 anos, acompanhada do filho e sobrinho. Ela lembra que em 2008, último jogo do Palmeiras em Campo Grande, ocorreu a mesma situação.

A delegação palmeirense pousou às 22h46, mas já foi recepcionada por um ônibus logo na saída do avião. O veículo saiu pela lateral do aeroporto, e foi direto para o Hotel Bahamas, na rua José Antônio, próximo do Obelisco, escoltado por viaturas da Polícia Militar e da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

Na saída do ônibus, os torcedores cercaram o veículo, mas acabaram não conseguindo contato com os atletas.

“Acho que deveria ter um bom senso e vir ter contato com o público”, avaliou o autônomo Tiago Souza, 20 anos.

Alento – Pelo menos nesta sexta-feira (22) os palmeirenses vão poder ter qualquer contato com os ídolos. A partir das 17 horas, o capitão Henrique, o goleador Alan Kardec, Felipe Menezes e Gilson Kleina estão confirmados para uma coletiva de imprensa seguida de autógrafos, no Shopping Norte Sul Plaza, na Avenida Ernesto Geisel. Os 100 primeiros sócios Avanti que chegarem ao local vão ganhar um autógrafo.

A tarde reserva uma proximidade maior dos torcedores com os atletas. O evento acontece no espaço próximo às Casas Bahia e contará com a exposição de camisas históricas e troféus que marcaram época e um posto Avanti para quem queira se tornar sócio-torcedor do Verdão.

A venda dos ingressos já começou em quatro postos. Eles irão custar de R$ 30 à R$ 100.

Para a arquibancada descoberta o valor do ingresso é de R$ 60 a inteira e a meia R$ 30 (único setor com meia entrada). Para a coberta, o valor é de R$ 70 e nas cadeiras o valor é de R$ 100.




fiquei sabendo que não foi o time que não quis sair pelo saguão de desembarque mas sim a azul que exigiu um ônibus na pista para que eles fosse direto.
 
Estevão Carlos em 22/11/2013 17:01:25
Esses provincianos não aprendem mesmo. Essa antipatia acontece com todos os grandes clubes que vem jogar aqui no MS.
 
João Vitor dos Santos em 22/11/2013 12:04:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions