ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  20    CAMPO GRANDE 20º

Esportes

Rally dos Sertões recolocou MS no cenário esportivo internacional

Stock Car e Copa Truck também movimentaram o cenário automobilístico na Capital em 2019 e Estado foi destaque no Pan-Americano

Gabriel Neris | 27/12/2019 07:10
Rally dos Sertões recolocou MS no cenário esportivo internacional
Piloto levanta poeira na arena montada na Praça do Papa (Foto: Divulgação)
Piloto levanta poeira na arena montada na Praça do Papa (Foto: Divulgação)

Campo Grande respirou automobilismo em 2019. Sede de diversas categorias, como Stock Car e Copa Truck, a cidade também foi o ponto de partidas de centenas de pilotos participantes do Rally dos Sertões, uma das maiores provas de rali do mundo.

Toda a estrutura para receber a competição, de R$ 4,5 milhões, foi montada na Praça do Papa, no Bairro Santo Amaro para treinos e definir o grid de largada da prova.

Os motores roncaram no estacionamento da Feira Central e também dentro da arena. Durante a preparação para a prova, o carro ocupado pelo ator Caio Castro, que pretendia participar da prova, capotou diversas vezes, assustando quem acompanhava o treino.

Apesar do susto, o ator deixou o veículo andando, mas por orientação médica foi encaminhado para uma unidade de saúde da Capital. Horas depois, o ator recebeu a informação de que, por precaução, estava fora do Rally.

Piloto exige esforço máximo do carro em manobra durante treino na arena (Foto: Divulgação)
Piloto exige esforço máximo do carro em manobra durante treino na arena (Foto: Divulgação)
Ator Caio Castro acena, indicando que não se feriu no acidente durante treino (Foto: Divulgação)
Ator Caio Castro acena, indicando que não se feriu no acidente durante treino (Foto: Divulgação)

Nos cálculos da organização, cerca de R$ 8 milhões a R$ 10 milhões eram movimentados na economia da cidade, superiores a estimativa da Stock Car, que vai de R$ 6 milhões a R$ 8 milhões para cada etapa.

O bom relacionamento do Poder Público com os representantes de diferentes categorias do automobilismo fez com que o calendário do próximo ano praticamente já esteja fechado sempre com Campo Grande na disputa.

Etapa da Stock Car no Autódromo Internacional de Campo Grande (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Etapa da Stock Car no Autódromo Internacional de Campo Grande (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Caminhões aceleram em reta no autódromo da Capital (Foto: Divulgação/Copa Truck)
Caminhões aceleram em reta no autódromo da Capital (Foto: Divulgação/Copa Truck)

Em 2020, a Capital já se prepara novo evento de âmbito internacional. Trata-se da Liga das Nações de vôlei masculino. A etapa da competição marcará a reabertura do ginásio Guanandizão, que passa por obras. A seleção brasileira enfrentará Itália, Alemanha e Rússia entre 19 e 21 de junho.

Leonardo de Deus conquista o tricampeonato nos Jogos Pan-Americanos (Foto: COB)
Leonardo de Deus conquista o tricampeonato nos Jogos Pan-Americanos (Foto: COB)

Ano de medalhas – Atletas de Mato Grosso do Sul brilharam nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019. Raul Nantes, de Nova Andradina, foi bronze com a seleção brasileira de handebol masculino. Na decisão pelo terceiro lugar, o Brasil derrotou o México por 32 a 20.

O douradense Magno Nazaret Prado terminou a prova de ciclismo de estrada contrarrelógio com o segundo lugar, finalizando o percurso com o tempo de 46m17s44. Na natação, o campo-grandense Leonardo de Deus foi medalha de ouro na prova de 200m estilo borboleta, ouro nos 4x100m medley misto, prata nos 4x100m medley e bronze nos 200m costas.

Nos Jogos Parapan-Americanos, 11 sul-mato-grossenses terminaram a competição com 13 medalhas. No judô, Luan Pimentel foi o campeão na categoria até 73 kg.

Já no atletismo, o Estado brilhou com Jair Henrique Souza (ouro no lançamento de dardo e bronze no lançamento de peso), Gabriela Mendonça (ouro no salto à distância e bronze nos 100m rasos), Yeltsin Ortega (ouro nos 1.500m e bronze nos 5.000m), Fabricio Júnior Barros (ouro nos 100m rasos e bronze nos 400m), Davi Wilker de Souza (bronze nos 400m) e Jonatan da Silva Ferreira (bronze nos 100m).

Davi Wilker, de Campo Grande, exibe medalha de bronze conquistada em Lima (Foto: Douglas Magno/CPB)
Davi Wilker, de Campo Grande, exibe medalha de bronze conquistada em Lima (Foto: Douglas Magno/CPB)

O Estado ainda contou com o primeiro lugar da seleção brasileira de futebol de 7, composta por quatro sul-mato-grossenses: Hebert Oviedo, Heitor Camposano, Leonardo Giovani e Wesley dos Santos Ferreira. No goalball, GleysePortioli também foi medalha de ouro.

Nos siga no Google Notícias