ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 21º

Esportes

Reforma de R$ 9,4 milhões no Morenão deve terminar até maio

Estádio será “casa” do Operário Futebol Clube na disputa do Campeonato Brasileiro Série D 2023

Jhefferson Gamarra e Gabriel de Matos | 27/01/2023 17:02
Funcionários trabalhando na reforma do Morenão (Foto: Paulo Francis)
Funcionários trabalhando na reforma do Morenão (Foto: Paulo Francis)

Em reunião com federações, clubes e associações esportivas realizada na tarde desta quinta-feira (27), no auditório do Bioparque Pantanal, em Campo Grande, o governo de Mato Grosso do Sul por meio da Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania) afirmou que no prazo de quatro meses as obras do Estádio Morenão serão concluídas.

A expectativa é de que o maior estádio universitário da América Latina receba, mesmo que com capacidade reduzida, jogos do Operário Futebol Clube na disputa do Campeonato Brasileiro Série D, competição que tem início previsto para o dia 30 de abril.

Marcelo Miranda, titular da Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania) (Foto: Paulo Francis)
Marcelo Miranda, titular da Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania) (Foto: Paulo Francis)

“De certa forma, a gente esperava que as obras no Morenão tivessem um ritmo mais avançado. Houve atraso que a gente considera aceitável, pois é uma obra grande e os projetos tiveram de ser refeitos. A gente espera que a universidade entregue parcialmente para os jogos do Campeonato Brasileiro e que no ano seja finalizada”, enfatizou Marcelo Miranda, titular da pasta de esportes do Estado.

No ano passado, o governo de Mato Grosso do Sul repassou R$ 9,4 milhões para a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) executar o projeto de reforma, que foi dividido em duas partes. Uma envolve a construção de duas rampas de acesso e espaço para museu na parte inferior. A outra é no setor das arquibancadas, abaixo das cadeiras e do setor de imprensa nos banheiros para o público e vestiários.

“A primeira licitação que envolve os banheiros está sendo feita. A segunda precisa de um termo de referência, para definir o que a empresa fará. Isso tem que acontecer para no final não ter pendência. Acredito que em 3 ou 4 meses estaremos entregando as obras do Morenão”, explicou o atual diretor-presidente da Fundesporte, Silvo Lobo Filho.

Recentemente, a reportagem visitou as obras. O gramado não tem condições de jogo e os gols estão sem as redes. Os acessos ao campo estão com entulhos e as rampas estão na fase de nivelamento. Os banheiros e algumas paredes próximas ao fosso foram demolidas para passar pela readequação. Informações colhidas no local apontam que a obra conta com 75 pessoas trabalhando e, ao todo, 20 banheiros serão reformados.

Canteiro de obras no entorno do estádio localizado no campus da UFMS (Foto: Paulo Francis)
Canteiro de obras no entorno do estádio localizado no campus da UFMS (Foto: Paulo Francis)


Nos siga no Google Notícias