A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/12/2012 17:15

São Paulo busca título da Sul-Americana contra o Tigre hoje no Morumbi

Gabriel Neris
Atacante Willian José substitui Luís Fabiano hoje na decisão da Sul-Americana (Foto: Diário Lance!)Atacante Willian José substitui Luís Fabiano hoje na decisão da Sul-Americana (Foto: Diário Lance!)

O São Paulo decide hoje (12) o título da Copa Sul-Americana de futebol contra o Tigre, da Argentina, no estádio do Morumbi, em São Paulo, às 21h (horário de MS). O primeiro jogo, disputado em Buenos Aires, terminou empatado sem gols.

Outro resultado de igualdade hoje levará a final para a prorrogação. Persistindo o empate, o título será decidido nas cobranças de pênaltis. Quem vencer a partida confirma a conquista da competição continental.

O técnico Ney Franco não terá a disposição o atacante Luís Fabiano, expulso na partida de ida por ter agredir um jogador argentino. Diante de cerca de 60 mil tricolores, o São Paulo deve entrar em campo com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington e Jadson; Lucas, Willian José e Oswaldo.

A partida marcará a despedida do atacante Lucas do clube. O jogador foi vendido no meio da temporada nacional para o Paris Saint-Germain e completará o ciclo com 60 partidas vestindo a camisa do São Paulo.

Para o torcedor tricolor, a confiança é grande para encerrar um jejum de quatro anos sem títulos. A última conquista do São Paulo foi o Campeonato Brasileiro de 2008. A pressão ainda é maior para o time com as conquistas dos principais rivais em 2012.

O Santos abocanhou os troféus do Campeonato Paulista e da Recopa Sul-Americana, enquanto o Corinthians faturou a Taça Libertadores da América e ainda disputa o Mundial de Clubes, no Japão. O Palmeiras, mesmo rebaixado, ficou com o título da Copa do Brasil.



Pela manhã foi "Corinthians/Brasil, e agora a noite (12/12), teremos o São Paulo/Brasil. Sou colorado de coração e palmeirense, segundona mesmo, por zoação. Mas, embora respeite essas coisas de rivalidade e folclore futebolístico, desde que saudáveis, lógico, não consigo aceitar que um brasileiro deseje a vitória de um time de outro país, só porque não é o seu time que esta na disputa. Duvido que, um argentino, por exemplo, queira torcer por um time brasileiro em desfavor a outro de sua pátria. Quiça possamos todos nós, brasileiros desportistas, nos alegrarmos com a vitória são paulina hoje, e com a do Corinthians no domingo.
 
Fernando Silva em 12/12/2012 19:35:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions