A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

23/01/2018 21:17

São Paulo e Flamengo vão disputar a final da Copinha na quinta-feira

Nyelder Rodrigues

O São Paulo está na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em jogo retomado nesta terça-feira (23) - o jogo foi paralisado na noite de ontem após forte tempestade em Barueri -, a equipe paulista ficou no empate de 1 a 1 com o Internacional no tempo normal. Na cobrança de pênaltis, melhor para o São Paulo que venceu por 6 a 5.

Com isso, a decisão da competição será contra o Flamengo, que eliminou a Portuguesa após vitória por 3 a 2. O jogo acontece na próxima quinta-feira (25), aniversário da cidade de Sâo Paulo, no Pacaembu, às 9h (horário de MS).

A equipe tricolor já venceu a Copinha três vezes, tendo sido vice outras seis. O último título veio em 2010, em equipe que tinha nomes que depois ganharam destaque, como o volante William Arão (hoje no time principal do Flamengo), o também volante Casemiro (Real Madrid) e o meia Lucas (Paris Saint-Germain).

Já o rubro-negro foi o vencedor da competição nas três vezes que chegou à final. A última aconteceu em 2016, quando o Fla bateu o Corinthians, maior campeão com 10 taças e oito vices. Entre os jogadores revelados, estão Lucas Paquetá e Felipe Vizeu, hoje defendendo o time principal.

O jogo - Nesta terça-feira, o jogo iniciou aos 17 minutos do segundo tempo com o placar de 1 a 1. Luan, logo no primeiro minuto de jogo, e Richard, aos 17 da etapa final, marcaram na segunda-feira, antes da paralisação.

Na retomada da partida, as duas primeiras oportunidades vieram pelo lado esquerdo do ataque tricolor. Aos 24, Igor cobrou uma falta pela esquerda e Tuta não conseguiu finalizar no segundo pau.

Depois, com 30, Liziero ganhou da marcação, chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro. O goleiro espalmou para o meio da área e Igor pegou de primeira, mas bateu em cima da marcação.

Mesmo controlando a posse de bola, o São Paulo não conseguiu passar pela marcação do Internacional e a decisão acabou nas cobranças de pênalti.

O Inter perdeu a primeira após defesa do goleiro no pênalti de Fucks. Liziero novamente viu sua cobrança ser defendida por Carlos Miguel. Nas alternadas, Leandro Córdova cobrou por cima do travessão. Toró converteu a cobrança derradeira e colocou o time de André Jardine na final.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions