A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/04/2010 20:37

São Paulo se fecha na defesa e segura 0 a 0 no Peru

Redação

O duelo entre as duas melhores defesas da Copa Libertadores terminou 0 a 0. Na noite desta quarta-feira, o São Paulo atuou com um a menos durante 30 minutos, após a expulsão de Richarlyson, e conseguiu segurar o Universitario, no estádio Monumental, em Lima, na partida de ida das oitavas de final.

A volta está marcada para a próxima terça-feira, dia 4 de maio, no Morumbi. A equipe brasileira se classifica com uma vitória simples, enquanto os peruanos têm a vantagem de jogar por um empate com gols. Um novo 0 a 0 decide a vaga nos pênaltis.

O time da casa teve mais posse de bola, entretanto sem qualidade para superar a defesa brasileira. Já o São Paulo, apesar de não viver uma jornada feliz no setor de criação, contou com as melhores chances de balançar a rede.

Na etapa inicial, Rogério Ceni sequer foi acionado. O time tricolor explorou o contra-ataque em alguns momentos; em outros, aproveitou erros da retaguarda adversária.

O duelo começou com pouca emoção durante o segundo tempo. As duas equipes erravam demais. Aos 18 minutos, Richarlyson e Espinoza trombaram no chão, em um lance forte. Ambos levaram amarelo pelo carrinho, mas o são-paulino já tinha um, foi expulso e deixou o campo revoltado. Tentou partir para cima do árbitro argentino, mas foi contido por Alex Silva.

Com um jogador a menos, Ricardo Gomes teve de fazer mais uma substituição forçada. O meia Marlos deu lugar ao lateral-esquerdo Junior Cesar.

O Universitario ameaçou uma pressão no fim, porém sem qualidade para balançar a rede de Rogério Ceni. Pelo contrário, foi o São Paulo quem quase abriu o placar, com um chute de Miranda e uma cabeçada de Rodrigo Souto. Os peruanos conseguiram se salvar na defesa.

(Com informações do site UOL)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions