A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019

09/01/2019 15:08

Sem patrocínio, judoca de MS busca recursos para disputar torneio na Europa

Competição está prevista para 13 a 19 de fevereiro. A família prepara um almoço beneficente, marcado para 27 de janeiro

Gabriel Neris
Letícia Menino treino parte física no Rádio Clube (Foto: Arquivo pessoal)Letícia Menino treino parte física no Rádio Clube (Foto: Arquivo pessoal)

Campeã mundial escolar, tricampeã brasileira e bronze no Pan-Americano. Essas foram algumas das conquistas da campo-grandense Letícia Domingues Menino, de 16 anos, em 2018. E ainda assim a judoca busca ajuda financeira para participar da etapa de Málaga, na Espanha, do Circuito Europeu.

A sul-mato-grossense conquistou a vaga, mas somente as despesas do 1º colocado da seletiva realizada no ano passado são bancadas pela CBJ (Confederação Brasileira de Judô). No caso dela, segunda colocada, precisará arcar com todas as despesas.

A competição está prevista para 13 a 19 de fevereiro. A família prepara um almoço beneficente, marcado para 27 de janeiro, no Rádio Clube Campo, para arrecadar dinheiro para a despesa do torneio.

“A passagem custa R$ 2,5 mil e são mais R$ 3 mil para hospedagem, translado, hotel e alimentação”, conta a mãe, Andréia Domingues.

Judoca de MS precisa de patrocínio para disputas internacionais (Foto: Arquivo pessoal)Judoca de MS precisa de patrocínio para disputas internacionais (Foto: Arquivo pessoal)

Letícia treina no Clube Rocha/Rádio Clube, mas não conta com patrocínio, apenas com o acompanhando de nutricionista e do fisioterapeuta Fernando Graziuso. A atleta também conta com o benefício do Bolsa-Atleta federal, recebendo R$ 370. A partir do mês que vem ela contará com R$ 925 referentes ao mesmo programa, além do Bolsa-Atleta estadual.

“Ajuda bastante, mas só o kimono custa mil reais. Não dá para nada praticamente”, lamenta a mãe. “São muitas viagens para fora [do país]. Fica difícil sem patrocinador”, diz Letícia.

A judoca passa por troca de categoria, passando do ligeiro (-44 kg) para o meio-leve (-48 kg). Letícia diz que passa pelo processo de adaptação desde os campeonatos disputados em 2019.

“Estou trabalhando na parte de adaptação desde o ano passado. Na seletiva não estava adaptado ao peso, agora pode ser que seja menos complicado”, afirma a judoca.

O almoço beneficente será arroz carreteiro e está marcado para começar às 11h do dia 27 no Rádio Clube Campo. O valor é de R$ 10 por pessoa. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 99286-1350.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions