A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Novembro de 2018

14/10/2009 19:07

Torcedores começam a chegar no hotel da seleção

Redação

Na esperança de conseguir chegar mais perto da seleção brasileira, nas últimas horas da estadia em Campo Grande, torcedores começam a se aglomerar em frente ao hotel Bahamas, onde os jogadores estão hospedados. A equipe deixa a capital sul-mato-grossense às 22h30 de hoje, em avião fretado, depois da partida contra a Venezuela, no estádio Morenão.

A auxiliar de serviços gerais, Jose de Oliveira Riquelme, 30 anos, e o filho Matheus Riquelme, 9 anos, estão desde 7h30 de hoje na porta do hotel. Eles moram no Centro e só deixaram o local para fazer refeições.

Desde sábado, mãe e filho estão na "luta" por autógrafos. Eles já levaram os autógrafos de Júlio César, Gilberto Silva, Miranda, Victor e do ex-jogador e comentarista Caio. A esperança agora é de chegar mais perto de Kaká e Luiz Fabiano.

Pela terceira vez, a estudante Daniele Godoy, 14 anos, tenta autógrafos de Kaká, Júlio César, Adriano e André Santos. Acompanhada da mãe, Rosângela Godoy, ela saiu todos os dias do Campo Belo de ônibus para levar para casa a assinatura dos ídolos. Rosângela garante que todo o sacrifício é pela filha. "Por mim não viria", pontua.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions