A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/09/2015 06:00

"Fiel amigo" se revolta e roga a Deus contra Olarte

Edivaldo Bitencourt

Abandonou – O jornalista Eliezer David não é mais fiel ao prefeito afastado, Gilmar Olarte (PP). Em postagem no Facebook na terça-feira (22), ele não poupou críticas ao então amigo. Eliezer chegou a se batizar e frequentar a igreja Assembleia de Deus Nova Aliança, fundada e comandada por Olarte.

Críticas – Eliezer avalia que o ex-amigo cercou-se de “gente desqualificada” e “alienígenas para o convívio com o poder”. “Olarte nunca foi líder, porque líder nunca abandona companheiros, morre junto”, vocifera. E ainda diz que o prefeito afastado paga o preço da sua covardia.

A Deus – Como é evangélico, Eliezer não esquece de citar Deus na postagem. Ele ainda roga para que a Justiça divina cobre Olarte pelo abandono dos companheiros. O jornalista revela que desde a véspera do afastamento não consegue mais falar com Olarte. Eliezer foi um dos mais fieis e até comprou brigas nas redes sociais para defender a gestão de Olarte. 

Sem licitação – O deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) é contra a realização de licitação para escolher os novos donos de lotéricas. Ele não concorda com decisão do Tribunal de Contas da União, que mandou dar a mesma oportunidade para todos nas concessões de 46% nas lotéricas existentes no País.

Manobras – Afastado da prefeitura da Capital por um ano e quatro meses, Alcides Bernal conseguiu continuar no comando regional do PP. Agora, no cargo, ele enfrenta nova manobra de um grupo de políticos que tenta dar o comando do partido para o deputado Elizeu Dionízio, que deixou o Solidariedade.

Dança de cadeiras – Como o prazo para a troca de partido ainda não mudou, ela deve ocorrer um ano antes das eleições. Se não houver mudança, o Rede, da ex-senadora Marina Silva, pode receber políticos sem rumo porque passa a ser o único porto seguro, sem risco de perder o mandato.

Sem recurso – O artista plástico Cleir Ávila só arrecadou R$ 40 por meio de vaquinha pela internet para revitalizar a pintura da onça no prédio localizado na Avenida Afonso Pena. Ele esperava obter R$ 40 mil e realizar a revitalização com o apoio de empresários e do poder público.

Fundamental – O depoimento Elza Cristina Araújo dos Santos Amaral, sócia do empresário João Amorim, é considerado fundamental na Operação Coffee Break. Ela foi convocada pela segunda vez para depor hoje. O temor é que ela apresente novo atestado médico para não contribuir com as investigações.

Rebaixada – A Prefeitura de Campo Grande republicou o edital com a nomeação de Leila Machado para comandar a Secretaria Municipal de Educação. Bernal decidiu alterar o status da professora. Ela foi rebaixada para a condição de secretária interina.

O reino dos interinos – Leila não é a única interina no município. Rui Nunes (Meio Ambiente), Dirceu Peters (Planurb), Disney Souza (Receita), Dharleng Campos (Desenvolvimento Econômico) e Ritva Vieira (Agência de Regulação) também são interinos e devem ser substituídos.

(colaboraram Lucas Arruda e Angela Kempfer)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



O jornalista Eliezer, agora que foi passado pra trás quer a justiça divina para Olarte.
Enquanto o Olarte estava reinando, graças a um monte de mal feitos, nunca pediu a justiça divina.
Se a justiça divina vier, já estará vindo tarde.
Mas, antes tarde mas não falhe.
 
Critico em 24/09/2015 11:39:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions