A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


17/05/2018 06:00

Assembleia agora tem 8 "independentes"

Marta Ferreira

Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, assim como fizeram na semana passada os sete deputados do MDB. Segundo ela, como mudou do PR para a legenda e é a única parlamentar, terá que consultar o partido para saber que caminho segue nas votações.

Vou perguntar – Grazielle diz que pretende consultar o presidente regional da legenda, Antônio Lacerda. Além dele, afirma, outro “consultor” sobre o caminho político citado por ela é o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad.

Eu não – Indagado a respeito, Marquinhos rejeitou a ideia de decidir o voto da colega de partido. “Não sou presidente do partido”, rebateu.

Como agir - Segundo o prefeito, o que a legenda defende é que o debate seja de ideias. “Todos têm independência para agir, desde que combatam ideias e não pessoas”, declarou durante a Caravana da Saúde nas Escolas.

Obra polêmica - O deputado estadual Paulo Siufi (MDB) usou a tribuna para criticar a obra da Avenida Euler de Azevedo, em Campo Grande. Reclamou de adaptações no trânsito, que segundo o parlamentar, geraram acidentes e até mortes na região. Duas pessoas morreram na região na semana passada.

Solução – Siufi, que foi o primeiro a defender a saída do MDB da base do governo, após tanto tempo apoiando, defende mudanças no local. "O governo precisa fazer um reordenamento na obra para evitar os acidentes, pois esta situação já está virando até piada nas redes sociais, com 'memes' sobre quem fez o projeto", disse o parlamentar.

Queixas - Siufi reclamou, ainda, que os moradores do bairro José Abrão estão tendo problemas com o tráfego de caminhões que estão tento que entrar dentro do bairro, por causa da obra na Euler de Azevedo. "Muitas casas estão até surgindo rachaduras, além disto o asfalto está se desfazendo por que não aguenta o fluxo. Os comerciantes locais ainda reclamam em queda de até 40% das vendas devido a obra".

Resposta – Durante agenda ontem pela manhã, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi perguntado sobre o tema. Disse que obras de grande porte costumam gerar estranheza mesmo e é preciso tempo para adaptação dos motoristas.

Inusitado - O Corpo de Bombeiros foi acionado na tarde desta quarta-feira para um resgate no mímimo curioso. Um pato estacionou sobre o telhado da Câmara dos Vereadores e ninguém conseguir a ave de lá. Quem passou pela região viu uma viatura parada e até pode ter pensado em algo grave, mas era a "operação" de captura do pato.

Chegada – Há cinco anos no Brasil, a cooperativa argentina Sancor Seguros ofereceu jantar nesta quarta-feira para lançar suas operações em Mato Grosso do Sul –a começar por Campo Grande e Dourados. Superintendente de Gestão Estratégica, Juan Cruz Irigo aposta na gama de serviços e na imagem do seguro como investimento para fechar 2018 com R$ 8 milhões em negócios no Estado.

(Com Leonardo Rocha, Kleber Clajus e Humberto Marques)

Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...
#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...
O ato falho de Odilon ao anunciar apoio
Tropeço – No ato em que recebeu apoio do MDB na disputa pelo governo estadual, Odilon de Oliveira (PDT) também aproveitou para declarar seu apoio a J...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions