A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Julho de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/09/2018 06:00

Até o comércio está com medo dos protestos

Marta Ferreira

Expectativa – O próximo sábado tem protestos previstos em todo o país, chamados por grupos que reúnem mulheres, contra e a favor o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL). Em Campo Grande, até o comércio está com receio de um eventual clima tenso entre quem diz “sim” e quem diz “não” ao capitão do Exército.

Salve – No maior shopping da cidade, o Campo Grande, uma espécie de alerta foi emitido via email. O texto diz que o sábado vai exigir atenção redobrada, pois o local pode ser frequentado por duas turmas que podem estar exaltadas.

Na porta – A audiência pública para prestação de contas da Prefeitura da Capital até o segundo quadrimestre do ano, realizada ontem na Câmara Municipal, serviu de oportunidade para defensores da causa animal cobrarem o município. Representantes do Combea (Conselho Municipal de Bem Estar Animal), por exemplo, pediram a liberação de R$ 50 mil para execução de ações.

Funcionou – Os membros do Combea lembraram ao secretário Pedro Pedrossian Neto (Finanças) que não tiveram resposta até agora dos ofícios apresentados ao município. Conseguiram a garantia de que, nos próximos dias, o município dará encaminhamentos para tentar liberar os recursos que, na avaliação dos conselheiros, é ínfimo na comparação com outras despesas.

Brecha – Participante da audiência, o vereador Veterinário Francisco (PSB) também aproveitou a deixa para pedir a liberação de recursos de emendas para a construção da UPA-Vet –projeto de sua autoria que já rendeu até mesmo “vistoria” filmada em prédios públicos abandonados da cidade. A promessa de Pedrossian Neto é de avaliar a questão na próxima semana.

Promessa – Depois de recuar da ideia de ter “miniférias” para cuidar da campanha, o discurso entre os deputados estaduais é de que vão conciliar a caça ao voto ao trabalho no legislativo. O mais comum entre eles é ouvir que vão deixar as viagens para o fim de semana.

Mantenho - Depois de informar que pediria providências sobre o livro infantil “O Menino que Espiava por Dentro”, da autora Ana Maria Machado, o deputado Paulo Siufi (MDB) revelou ontem que recebeu uma ligação da editora da obra. "Alguém da editora me disse que eu estava prejudicando a autora e que minha reclamação era fora da realidade, respondi dizendo que tentaria tirar o livro das livrarias".

Melhorou – O deputado José Carlos Barbosa (DEM), candidato à reeleição, defendeu a redução de ICMS do diesel de 17% para 12%, aprovada pelos deputados, e que tem sido um dos temas de debate na campanha eleitoral. Diz que houve, por exemplo, aumento de 60% no consumo de óleo diesel.

Onde? Segundo o parlamentar, esse aumento aconteceu com mais destaque nos postos que ficam nos arredores de Campo Grande. “A redução da alíquota implicou no aumento significativo do abastecimento de óleo diesel nos postos que ficam no anel rodoviário”, diz.

Pedido - O parlamentar ainda disse que vai solicitar ao governo redução da alíquota do etanol de 25% para 12%. De acordo com ele, a produção de etanol alcançou mais de dois bilhões de litros na safra 2018/2019, mas muito é consumido aqui, nem 3%.

(Com Humberto Marques e Leonardo Rocha)

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions