ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 27º

Jogo Aberto

Campanha acaba com a voz de candidato que apela para cartaz

Ângela Kempfer e Caroline Maldonado | 26/09/2022 06:00



Sem voz - A correria de viagens para pedir votos não é fácil. Na última semana antes das eleições, tem político que já perdeu a voz. Na Capital, no sábado (24), o candidato à reeleição para deputado federal Fábio Trad (PSD) não deu conta de falar, por isso usou um método bem rudimentar.

Mudo - Preparou cartazes com frases para se comunicar com a plateia, durante evento no comitê do irmão, o candidato a governador Marquinhos Trad (PSD). No papel, ele conseguiu explicar: “Bom dia, Deus os Abençoe, estou muito rouco”, tirando risos da plateia.

Crossfiteiro – Suel Ferrante (PSTU) sumiu da disputa esse ano, depois de ficar famoso como um dos recordistas em participação nas eleições. Mas no fim de semana apareceu em outro tipo de competição: de Crossfit, para torcer pela filha e pelo genro. Vestindo camiseta de atleta, explicou que até tentou treinar em academia nas Moreninhas. “Mas não dá tempo porque trabalho em dois expedientes”, explicou o servidor público federal.

Eu volto - Ele avisa que não participou das eleições estaduais este pela abrangência da campanha. Mas está pronto para a disputa de prefeito em 2024, por exigir equipe menor e mais focada. “Quem milita no PCO são só universitários, Nas eleições estaduais, dependemos muito mais de estrutura. Na prefeitura é mais fácil”, justificou.

Amigão - O cantor Zezé Di Camargo parou o show no sábado passado, em Campo Grande, para cumprimentar o amigo e governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que fez questão de prestigiar a turnê de 30 anos de carreira da dupla com Luciano. “É uma pessoa que tenho o privilegio de gozar da amizade dele e da sua esposa e (obrigado) por ter me convidado um dia para ser embaixador do Pantanal sul-mato-grossense”, agradeceu Zezé.

Aparelhados - Os juízes sul-mato-grossenses estão de computadores novinhos em folha. O Tribunal de Justiça de MS começou a trocar os equipamentos. Na primeira fase, são 322 máquinas compradas para substituir as antigos em Campo Grande. Já na segunda fase, serão mais 1.500, destinadas aos servidores das comarcas do interior. E tem mais 1.900 computadores previstos para o ano que vem.

Divas do debate - A imprensa nacional já havia dito, mas repetiu que Simone Tebet e Soraya Thronicke “são as vencedoras” dos debates entre candidatos. O bom desempenho das duas voltou a ser destaque no embate do SBT, no sábado. Analise do jornal Estadão é de que "as duas candidatas vão sair muito maiores da eleição do que entraram”.

Pai do Gabriel – Em entrevista no fim de semana à Folha de São Paulo, Almir Sater diz que agora virou “o pai do Gabriel Sater”. O paizão coruja também lembrou que comprou uma viola nova para o filho tocar na novela Pantanal e elogiou a determinação dele como ator.  "Eu tinha certeza de que o Gabriel se sairia bem como o Trindade, porque ele se preparou muito e é um cara muito determinado... Para fazer esse personagem era preciso que ele dominasse a técnica da viola. E ele se dedicou mesmo a isso, eu vejo a evolução do Gabriel", conta.

Libera o passe - A Câmara Municipal de Campo Grande deve discutir nos próximos dias proposta para isenção da tarifa de ônibus em dias de eleições. O projeto prevê que “nos dias em que se realizarem eleições gerais para cargos municipais, estaduais ou federais, assim como plebiscitos ou referendos, os usuários do transporte coletivo ficarão isentos de qualquer tarifa das 5 horas às 22 horas”.

Piso nacional - Não são só os enfermeiros que continuam na luta por um piso salarial nacional. Até os médicos e psicólogos cobram o mesmo direito. Na lista de projetos semelhantes na Câmara Federal há ainda profissões como professor de jiu-jitsu e vaqueiro, no total de 156 categorias.

Nos siga no Google Notícias